segunda-feira, 20 de Novembro de 2017
bannerAbs

Notícias / Esportes

Análise: Felipe Melo tem ao menos mais um jogo para fechar ano por cima no Palmeiras

13/11/2017

14h34

Fonte: globoesporte.globo.com

No intervalo de três meses e 18 dias entre seu então último jogo como titular até domingo, quando iniciou em campo na vitória por 2 a 0 contra o Flamengo, Felipe Melo viveu de tudo no Palmeiras. Quase deixou o clube pela porta de trás, inclusive. Hoje, para parte da torcida, o time é ele e mais dez.

Não é para tanto, mas – já que a diretoria aceitou e até trabalhou para reintegrá-lo ao elenco depois de tê-lo afastado publicamente por ofensa ao ex-técnico Cuca e problemas de vestiário – o volante mostrou que pode mesmo ser uma opção na equipe.

Tudo bem que o Flamengo foi apático e pouco ofereceu perigo, mas Felipe Melo contribuiu, sim, para a vitória que deixou o Palmeiras mais perto da próxima Libertadores. Esteve atento na marcação, fez bons desarmes e não precisou disputar corridas com meias mais velozes – seu ponto fraco em algumas partidas na temporada.

Das 29 vezes anteriores em que vestiu a camisa alviverde no ano, não tinham sido raras aquelas em que o volante penteou demais a bola, forçou um ou outro lançamento ou ficou para trás. No último domingo, ao contrário, ele foi simples e absoluto. Deixou o campo com dores devido à falta de ritmo, é verdade, mas não comprometeu. Comemorou tomando um vinho de R$ 1.900,00.

Não fossem as polêmicas fora de campo, aliás, o ex-jogador da seleção brasileira e de diversos clubes europeus talvez tivesse tido mais oportunidades em 2017. Afinal, qualidade ele tem. Isso é que deveria credenciá-lo junto à torcida, e não o episódio em Montevidéu, as provocações ou as confusões com rivais.

A quatro partidas do final da temporada, depois de tantas reviravoltas, o volante deve ter ao menos mais uma chance para mostrar serviço e fechar o ano em alta em campo. Na quinta-feira, o Palmeiras recebe o Sport, em sua arena. Horas antes, ele será julgado no STJD pelo entrevero com o corintiano Clayson, o que pode tirá-lo dos jogos restantes.

Veja também:
© Copyright 2012 BASTOS JÁ. Política de Privacidade | by designer - E.I.G Soluções