quarta-feira, 17 de Outubro de 2018
bannerAbs

Notícias / Esportes

São Paulo vence e quebra tabu diante do Atlético-PR

09/06/2018

18h28

 
Fonte: www.terra.com.br
 
Buscando recuperar a confiança depois de resultados ruins diante de Palmeiras e Internacional , o São Paulo teve dificuldades neste sábado diante do Atlético-PR , e aproveitou uma bobeira da zaga paranaense para, de pênalti, fazer 1 a 0 e acabar com o tabu de jamais ter vencido os rubro-negros em Curitiba.
 
Reforçado por Nenê , desfalque diante do Inter, o time de Diego Aguirre foi surpreendido com um Atlético bastante fechado, algo que chegada a irritar sua torcida, única, no estádio. Buscando espaços, o São Paulo precisou de alguns minutos até conseguir se estabilizar. Viu-se ameaçado pelos mandantes nos primeiros minutos, que conseguiam por velocidade nos contra-atauques.
 
Mas a equipe tricolor mostrou o valor de seu entrosamento e passou a dominar a jogo em Curitiba. Diego Souza , duas vezes, e Everton pararam em Santos , que via o São Paulo criar as oportunidades de maior perigo no jogo.
 
No segundo tempo, o jogo ficou tricolor. Pelas pontas, Aguirre viu brechas na equipe paranaense, e apostava suas fichas nas jogadas de velocidade. Na Arena, os torcedores passavam a vaiar o próprio time. A pressão ajudou o São Paulo.
 
Aos 13 da segunda etapa, o zagueiro atleticano Bruno Guimarães se enrolou com a bola na zaga, viu Nenê roubar a bola e passar para Everton na pequena área. Marcado por Camacho , foi derrubado e o juiz deu pênalti. Nenê converteu e pôs o São Paulo na vantagem.
 
Pressionado, o Atlético-PR tentou esboçar uma reação apenas no minutos finais de jogo, mas já não dava mais tempo. De fora da área, Raphael Veiga ficou nas mãos de Sidão . O goleiro ainda defendeu com o peito uma cabeçada de Thiago Heleno na pequena área.
 
FICHA TÉCNICA
 
Atlético-PR 0 x 1 São Paulo
 
Atlético-PR: Santos; Wanderson (Guilherme), Thiago Heleno e Bruno Guimarães; Marcinho, Lucho González (Pavez), Camacho e Thiago Carleto; Raphael Veiga, Bergson e Pablo (Bill). Técnico: Fernando Diniz.
 
São Paulo: Sidão; Militão, Bruno Alves, Anderson Martins e Reinaldo; Jucilei, Hudson e Araruna (Petros); Nenê (Lucas Fernandes), Everton e Diego Souza (Tréllez). Técnico: Diego Aguirre.
 
Gol: Nenê, aos 16 do 2º tempo.
 
Amarelos: Nenê, Jucilei, Raphael Veiga e Bergson.
 
Juiz: Anderson Daronco (RS).
 
Público e renda: Não divulgados.
 
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR).

Veja também:
© Copyright 2012 BASTOS JÁ. Política de Privacidade | by designer - E.I.G Soluções