segunda-feira, 17 de Dezembro de 2018
bannerAbs

Notícias / Nacional

Em dois anos, Brasil perdeu mais de 2,3 milhões de postos de trabalho formal

05/12/2018

20h47



Por Daniel Silveira, G1 — Rio de Janeiro

A crise no mercado de trabalho fez o Brasil perder mais de 2,3 milhões de postos de trabalho formal em dois anos. É o que aponta o levantamento divulgado nesta quarta-feira (5) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

De acordo com o levantamento, o país encerrou 2017 com 54,2 milhões de trabalhadores formais. Em 2015, eram 56,5 milhões de trabalhadores formais.

Já o trabalho informal aumentou em 1,2 milhão o seu contingente neste mesmo período. Em 2015, havia no Brasil 36,1 milhões de trabalhadores informais. Esse número chegou a 37,3 milhões em 2017.

O IBGE considera como trabalho formal aquele com carteira de trabalho assinada, inclusive do empregado doméstico, assim como o trabalhador por conta própria e o empregador que sejam contribuintes da previdência social.

Já o trabalho informal engloba os trabalhadores, incluindo os domésticos, que não possuem carteira assinada, bem como trabalhador por conta própria e empregador que não contribuem com a previdência, além do trabalhador familiar auxiliar.

CLIQUE AQUI E LEIA MATÉRIA COMPLETA

 

Veja também:
© Copyright 2012 BASTOS JÁ. Política de Privacidade | by designer - E.I.G Soluções