Fechar
Região

Casos de embriaguez ao volante são registrados na CPJ de Tupã

02 de Janeiro de 2021

11h07

Redação Bastos Já – com informações cedidas por João Mário Trentini

Dois casos de motoristas que haviam ingerido bebida alcoólica foram registrados na Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Tupã, no primeiro dia de 2021. Um dos motoristas se envolveu em acidente e teve que ser conduzido para atendimento médico no Pronto Socorro da Santa Casa de Tupã.  O outro caso foi um de um condutor que foi flagrado conduzindo um veículo Classic pela Rua Othon Guedes Junior.

O primeiro caso aconteceu por volta das 07h06 quando a PM abordou um motorista de 32 anos que estava com um Classic, placas de Tupã, na Rua Othon Guedes Junior. Consta que o condutor do carro apresentava sinal de ter ingerido bebida alcoólica. O teste do etilomêtro aferiu 0,81 mg/L e o motorista aceitou ser encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) para fazer exame de contra prova de sangue.

Ainda segundo informações, o motorista estava com um celular que tinha queixa de furto, registro ocorrido no último dia 10. O conduto informou que encontrou o aparelho celular caído em via pública e começou a utiliza lo. O veículo Classic foi recolhido devido infrações de trânsito e o motorista foi ouvido na CPJ e liberado, porém, irá responder o processo.

Outro caso aconteceu na por volta das 15h30 na Rua Nhambiquaras. Uma picape Saveiro, placas de Tupã, colidiu em um veículo HB 20, que estava regularmente estacionado, e capotou em seguida. O condutor da Saveiro apresentava sinais de ter ingerido bebida alcóolica e aceitou fazer o teste do etilomêtro que aferiu 0,51 mg/L. O motorista estava com o braço esquerdo lesionado e foi socorrido a Santa Casa de Tupã onde recebeu cuidados médicos.

Depois de receber alta médica, o condutor compareceu espontaneamente a Central de Polícia Judiciaria (CPJ), sendo conduzido ao Instituto Médico Legal (IML), onde autorizou retirada de sangue para exame. Depois de ser ouvido pela autoridade de plantão, o motorista foi liberado e aguardará o processo em liberdade.