Fechar
Região

Polícia Civil de Tupã apreende drogas e prende acusado de tráfico

20 de Março de 2021

07h26

Redação Bastos Já - com informações cedidas por João Mário Trentini

A Polícia Civil de Tupã, através da Delegacia de investigações Sobre Entorpecentes (Dise) apreendeu uma grande porção de haxixe, além de maconha e uma substância suspeita de ser cocaína – cujo primeiro exame deu negativo para o entorpecente, más passará por análise mais aprofundada - e prendeu um indivíduo acusado de envolvimento com o tráfico de entorpecentes, nessa sexta-feira, dia 19. O fato inusitado nesta ocorrência é que o acusado de 26 anos de idade e morador no centro de Tupã foi preso quando recebia os entorpecentes através dos Correios.

O delegado Flávio Delgado de Melo disse que a apreensão das drogas e prisão do indivíduo aconteceu após denúncia de o acusado receberia uma encomenda suspeita através dos Correios. “Após esta denúncia, a equipe de policiais foi posicionada de forma estratégica a monitorar a movimentação na residência. Por volta do meio dia, o morador, um auxiliar de laboratório, abriu o portão e logo que recebeu a encomenda foi surpreendido com a chegada dos policiais, os quais informaram sobre a suspeita existente na encomenda. Ao verificar seu conteúdo, os agentes encontraram duas porções uma de substância de coloração esbranquiçada semelhante à cocaína e outra porção grande de haxixe”.

Ainda segundo o delegado, “no interior da residência os policiais apreenderam ainda uma pequena porção de maconha. Foram realizados exames periciais, a substância de coloração branca revelou negativo para cocaína e será encaminhada para análise mais aprofundada. Aos policiais, o suspeito admitiu que apenas emprestou seu endereço para receber a encomenda e receberia dinheiro para tanto. Agora as investigações continuam com o objetivo de identificar quem teria adquirido a droga e informado o endereço do suspeito” complementou Flávio Delgado de Melo.

A Polícia Civil informou que o indivíduo foi autuado em flagrante delito pelo crime de tráfico de drogas e aguarda as decisões de audiência de custódia. “Em busca de métodos para ludibriar a ação da polícia, os traficantes estão diversificando os meios de aquisição de drogas, entretanto, a Polícia Civil está atenta e vem enfrentando a criminalidade a altura. Apesar da criatividade dos criminosos, a DISE de Tupã tem conseguido surpreendê-los a cada dia com apreensões de expressivas quantidades de drogas, causando prejuízos consideráveis aos traficantes. Somente nesta semana foram encontrados tabletes de maconha enterrados em meio a mata fechada na área rural e agora mais esta grande porção de haxixe”, ressaltou o delegado.

Flávio Delgado de Melo salienta “que somente as denúncias anônimas, a troca de informações e a dedicação e profissionalismo dos policiais envolvidos que são capazes de enfrentar de igual para igual o avançado mundo do tráfico de drogas”.