quarta-feira, 17 de Outubro de 2018
bannerAbs

Notícias / Local

Caminhoneiro bastense que morreu em Goiás sofreu ferimento gravíssimo no pescoço; laudo sobre a morte sai em 30 dias

17/07/2018

12h55 (Atualizada às 06h28 do dia 18/07/2018)


VEJA MAIS FOTOS NO FINAL DA MATÉRIA

Redação Bastos Já

Familiares que foram até Goiás para acompanhar o processo de liberação do corpo do caminhoneiro Hélio Pereira da Silva, de 50 anos, constataram que a vítima sofreu um ferimento gravíssimo no pescoço, provocado por um pedaço de madeira da residência onde colidiu o caminhão que o bastense conduzia na hora da fatalidade, ocorrida em Itarumã (GO), nesta terça-feira, dia 17. Ainda segundo José Clemente de Assis Souza, o popular Dedinho, o laudo que apontará a causa da morte saíra em 30 dias.

Por telefone, Dedinho informou a reportagem do Portal de Notícias Bastos Já que a morte de Hélio Pereira da Silva pode ter sido causada tanto por um infarto como pelo ferimento que a vítima sofreu no pescoço. “O laudo sobre a causa da morte será finalizado e divulgado em 30 dias, mais uma das autoridades que atendeu a ocorrência informou que existe a hipótese do falecimento ter ocorrido em virtude do ferimento no pescoço. Inclusive no laudo provisório foi constatado traumatismo craniano. Porém, a confirmação oficial da morte só teremos dentro de um mês”, concluiu.

O corpo do caminhoneiro foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Jatai (GO), cidade a 160 quilômetros de Itarumã, e a presença de familiares foi essencial para agilizar a liberação do corpo. “Nós recebemos a informação que caso nenhum familiar tivesse vindo até aqui, o corpo não seria liberado. Agora estamos aguardando os trâmites finais para que a funerária possa fazer o translado do corpo para Bastos para ser velado. A previsão é de que o corpo esteja em Bastos por volta das 07h30 da manhã dessa quarta-feira, dia 18”, adiantou Dedinho.

Por motivos a serem apurados, a carreta bitrem que era conduzida pelo caminhoneiro Hélio da Silva, veículo de uma empresa local e que estava transportando uma carga de soja para Bastos, ficou desgovernada e bateu contra uma residência na cidade de Itarumã. “Nós recebemos a informação que apesar da gravidade do acidente, nenhum morador da moradia atingida ficou ferido”, concluiu Dedinho.


CLIQUE NA FOTO PARA AMPLIAR

Veja também:
© Copyright 2012 BASTOS JÁ. Política de Privacidade | by designer - E.I.G Soluções