Fechar
Região

Educadora física instala comedouros para animais de rua em quatro pontos de Adamantina

06 de Março de 2019

06h29

Fonte: Siga Mais

A preocupação com cães e gatos abandonados levou a educadora física Simone Gomes a instalar comedouros em quatro pontos da cidade de Adamantina. A iniciativa foi publicada em seu perfil nas redes sociais e ganhou aprovação popular.

Com a experiência, Simone espera que a iniciativa inspire outras pessoas a uma maior conscientização e permita ampliar esse suporte de alimentação e água para animais de rua.

Inicialmente Simone dispôs vasilhas com água e ração em quatro pontos da cidade. Depois, a iniciativa foi melhorada com a substituição das vasilhas por uma estrutura artesanal produzida com canos de PVC, que permitem armazenar e proteger uma maior quantidade de água e alimentos.



Agora, os quatro comedouros e bebedouros confeccionados com canos de PVC estão dispostos no Parque dos Pioneiros (junto a uma árvore próxima ao supermercado), Praça Euclides Romanini (também junto a uma árvore, no lado da Alameda Navarro de Andrade), na lateral do Estádio Municipal “Antônio Goulart Marmo” e no Parque Caldeira (nas proximidades da academia ao ar livre).

Além de instalar os comedouros e bebedouros, ela também faz a reposição de ração e água. Segundo Simone, a iniciativa busca suprir as necessidades mínimas de alimentação desses animais de rua. “Eles sentem fome e sede como nós e não são culpados por estarem abandonados”, explica.



Ela espera que a proposta também possa conscientizar outras pessoas em promover a proteção a esses animais, como a castração, para que não se reproduzam sem controle, evitando assim que novos filhotes venham a ser abandonados. Ela também estimula a adoção de animais. “Para os animais já abandonados, contamos com a solidariedade e compaixão de pessoas que possam adotar, ao invés de comprar filhotes”, diz, “Ou pelo menos realizar uma castração solidária para um animal de rua, evitando assim a reprodução e o aumento desses seres inocentes vivendo sem lar”, continua.

A ideia também quer inspirar outras pessoas, para que a iniciativa de multiplique pela cidade. Ela pede ainda o apoio e colaboração de voluntários que possam doar rações para o reabastecimento dos comedouros. “O objetivo dessa divulgação é motivar mais pessoas a realizar algum gesto solidário para esses animais, aplicando a mesma ideia em seu bairro, ou ajudando no reabastecimento nos pontos existentes”, completa.