Fechar
Região

Entre a tarde de sexta-feira e início da madrugada de sábado, ladrões furtam três residências em Tupã

28 de Julho de 2019

009h45

Redação Bastos Já

Audaciosos, ladrões ainda não identificados praticaram três furtos contra residências na cidade de Tupã num curto espaço de tempo, ou seja, da 15h00 da tarde de sexta-feira (26) e 01h00 da madrugada de sábado (27). Os crimes foram registrados em imóveis residenciais localizados no Jardim América, Vila Abarca e Jardim Nossa Senhora de Fátima, de onde foram levados três televisores - de 32, 40  e 43 polegadas, celular, malas de viagem, joias, bijuterias, bebidas alcoólicas, produtos de perfumaria, cosméticos e higiene, relógios e pares de calçados.

A primeira ação criminosa foi contra uma residência na Rua Arnaldo Tovo, Jardim América. O crime foi praticado no período da tarde de sexta-feira, dia 26, e fez vítima uma comerciante de 43 anos. Os policiais militares Valdir e Lacerda foram acionados via Copom a comparecer no local dos fatos, onde a vítima comunicou que se ausentou da residência às 15h00 e ao retornar por volta das 17h00 constatou o rompimento das portas da sala e ante-sala e a residência toda revirada. Foram furtados do local joias, bijuterias, relógios, um televisor de 32 polegadas, um par de tênis azul em um sapatênis preto.

Ainda na sexta-feira (26), por volta das 20h30, foi comunicado o segundo crime praticado contra uma moradia na Rua São Paulo, Jardim Nossa Senhora de Fátima. A vítima, um representante comercial de 45 anos, informou aos policiais militares Emerson e Duque que indivíduo desconhecidos subtraíram de sua casa uma TV de 40 polegadas e um telefone celular. O tupãense relatou ainda que os bandidos, provavelmente, escalaram o muro frontal da moradia e após arrombarem a porta de madeira da sala subtraíram os pertences.

O terceiro furto foi registrado por volta da 01h03 da madrugada de sábado (27). Da moradia de um tupãense de 31 anos, residente na Rua Horácio Gomes da Silva, na Vila Abarca, os criminosos furtaram duas malas de viagem, dois litros de whisky, uma garrafa de vodka, um televisor de 43 polegadas Smart, um relógio masculino de pulso e produtos de perfumaria importados, cosméticos e de higiene. A vítima disse ao policial militar cabo Valdir que saiu para trabalhar na manhã da sexta-feira e ao retornar às 18h40 percebeu que o interfone estava danificado e a porta de blindex arrombada, e os pertences subtraídos. Neste caso um veículo suspeito foi visto próximo do local dos fatos.

O delegado Welington Ubiratã de Lima, que registrou as ocorrências na Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Tupã, requisitou o Instituto de Criminalística para realizar perícia nos locais dos crimes, que serão investigados pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG) da cidade.