Fechar
Região

Menores de Tupã são flagrados com moto furtada; veículo seria desmontado

08 de Agosto de 2019

08h16

Redação Bastos Já

Uma moto Honda Biz que havia sido furtada na manhã dessa quarta-feira, dia 7, foi localizada horas depois do crime praticado na cidade de Tupã.  Ainda segundo a Polícia Militar, o veículo seria desmontado na residência de um menor de idade, que foi detido em companhia de outros dois adolescentes que também estariam envolvidos no caso de receptação. O registro da ocorrência aconteceu por volta das 14 horas.

Segundo informações, os policiais militares subtenente Carlos, cabo Anderson Pacheco (foto acima), cabo Mattos e cabo Emanuel, que receberam apoio do cabo Gutierrez e cabo Vesú (foto ao lado), estavam em patrulhamento pelo Bairro Santa Rita em busca de localizar uma Honda Biz que havia sido furtada no período da manhã na cidade de Tupã quando foram informados que a moto estaria em um quintal de uma residência, no Bairro Santa Rita, onde peças eram retiradas do veículo.

Os policiais foram até o local, onde a moto foi encontrada abandonada na esquina da Rua Mercedes Garcia com a Rua João Céspedes. No quintal da residência onde a moto tinha sido vista, os PMs localizaram uma caixa de ferramentas com vários tipos de chaves. No interior da casa foram encontrados um capacete e uma capa de chuva que a vítima reconheceu como sendo sua.

Ainda segundo a Polícia Militar, a moradora da residência e mãe de um dos menores admitiu que seu filho e outros dois adolescentes estavam retirando peças da moto e que antes da chegada das viaturas seu filho e os outros menores saíram tomando destino ignorados. De posse das características físicas e trajes que os menores estavam usando, as equipes saíram no patrulhamento e localizaram os três adolescentes que, ao verem as viaturas, tentaram correr, mas foram todos abordados.

A Polícia Militar informou ainda que um dos menores admitiu que a moto estava sendo desmontada e que ele - sindicato – havia recebido o veículo de uma pessoa desconhecida e que depois iria lhe entregar um dinheiro. Os adolescentes receberam voz de apreensão, ato infracional-receptação, e foram conduzidos a Central de Polícia Judiciária (CPJ). Após serem ouvidos pela autoridade policial, os adolescentes foram liberados aos seus genitores e a moto devolvida ao seu dono.