Fechar
Região

Morre motorista que teve o corpo queimado durante roubo de carro em Tupã

03 de Outubro de 2019

07h53

Fonte: G1 Bauru e Marília

O motorista de 54 anos que teve o corpo queimado e foi atropelado por um ladrão durante roubo de carro em Tupã (SP) morreu na manhã dessa quarta-feira (2), na Santa Casa de Marília.

O suspeito do crime foi preso na manhã de sábado (28), no bairro Santa Rita, em Tupã, enquanto se preparava para fugir. Ele está na cadeia de Pacaembu e será investigado, a partir de agora, por latrocínio consumado.

Segundo a polícia, Joaquim José de Oliveira, na última sexta-feira (27), recebeu uma solicitação para levar um homem de Piacatu até Parapuã.

De acordo com a polícia, no meio do caminho, em uma estrada que liga as duas cidades, o ladrão que se passava por passageiro ameaçou o motorista com uma arma de fogo, o amarrou e o colocou no porta-malas. Depois, o criminoso tirou o homem do porta-malas, ateou fogo no corpo dele e o atropelou.

A vítima conseguiu pedir socorro em um posto de combustíveis de Universo, distrito de Tupã. De lá, o homem foi encaminhado para a Santa Casa de Tupã, mas transferido para a Santa Casa de Marília, onde permaneceu internado em estado grave até esta quarta-feira.

Segundo a Delegacia de Investigações Gerais de Tupã, depois do crime, o homem seguiu com o carro da vítima para Penápolis, onde trocou o veículo por outro carro e voltou para Tupã.

O suspeito foi reconhecido pela vítima e preso em flagrante, quando se preparava para fugir. O carro de Joaquim foi localizado em Penápolis e o receptador também foi preso.