Fechar
Região

Temporal provoca quedas de árvores e estragos em cidades da região de Prudente

21 de Outubro de 2019

18h35

Fonte: G1 Presidente Prudente e TV Fronteira

O temporal que atingiu a região de Presidente Prudente na tarde desta segunda-feira (21) provocou estragos em vários municípios.

Houve registros de alagamentos, desabamentos, destelhamentos e quedas de árvores.

A chuva que caiu sobre a região de Presidente Prudente estava acompanhada de fortes rajadas de vento.

Na Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP-294), a Polícia Militar Rodoviária constatou quedas de árvores em trechos nos municípios de Adamantina, Inúbia Paulista, Lucélia, Mariápolis, Nova Guataporanga, Osvaldo Cruz, Sagres e Tupi Paulista.

Segundo a polícia, em nenhum dos locais o trânsito foi interrompido completamente, já que os veículos passaram a ser desviados pela pista contrária ou pelo acostamento.

Já a Rodovia Homero Severo Lins (SP-284) teve de ser interditada em decorrência de quedas de árvores em um trecho próximo a João Ramalho. Equipes do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar Rodoviária dirigiram-se ao local para o atendimento da ocorrência.

A polícia reiterou a importância da atenção redobrada durante os deslocamentos com períodos de chuva, quando a visibilidade é reduzida e a estabilidade para a frenagem é menor, o que faz com que a distância de segurança entre os veículos deva ser maior.

Além disso, a corporação ainda salientou a importância do respeito aos limites de velocidade e orientou que, em condições de chuva, os condutores de veículos devem trafegar pelo menos 10 km/h abaixo do limite indicado para a pista.

As condições climáticas também fizeram com que um voo da companhia aérea Gol que desceria no Aeroporto Estadual de Presidente Prudente tivesse de retornar ao Aeroporto de Congonhas, em São Paulo (SP), por não haver condições adequadas para o pouso. A empresa se comprometeu a disponibilizar um outro voo, em horário diferente, como uma alternativa de transporte aos passageiros.