Fechar
Região

Vigilância Epidemiológica de Osvaldo Cruz explica casos monitorados de Coronavírus no município

20 de Março de 2020

17h56

Fonte: Portal Metrópole de Notícias / Acally Toledo

Na manhã desta sexta-feira (20), o Prefeito de Osvaldo Cruz, Edmar Mazucato, anunciou em um vídeo postado no Facebook oficial da prefeitura, que o município conta com dois casos que estão sendo monitorados de pessoas que apresentaram sintomas de COVID-19.

Segundo o prefeito, a informação veio através de reunião com profissionais da Santa Casa local, sendo que todas as medidas necessárias quanto aos casos foram adotadas e as duas pessoas foram colocadas em isolamento preventivo.

A enfermeira responsável pela Vigilância Epidemiológica de Osvaldo Cruz, Camila Silva, falou sobre o assunto. "Venho esclarecer a questão da divulgação dos casos suspeitos no município de Osvaldo Cruz, na verdade o Ministério da Saúde coloca critérios para se fazer a notificação de algum paciente suspeito do COVID-19. Nós, da Vigilância Epidemiológica, só podemos notificar se o paciente se enquadrar nesses critérios. Os critérios são os sintomas característicos da doença, junto com esse paciente ter viajado para fora do país, ou ter tido contato com algum caso suspeito ou positivo em qualquer lugar, fora ou dentro do país, só assim a gente pode notificar um suspeito de COVID-19, depois fazer os exames e terminar a investigação desse caso.", disse.

Segundo Camila Silva, os casos de Osvaldo Cruz são enquadrados em monitoramento. "Aqui em Osvaldo Cruz nós não temos nenhum paciente que se enquadrou em suspeito, por enquanto. Tivemos pacientes que viajaram, mas não manifestaram sintomas, tivemos paciente com sintomas, mas que não viajaram para fora do país ou tiveram contato com suspeitos, então não temos nenhum caso notificado, porém, temos casos de pessoas que apresentaram sintomas muitos característicos da doença e que viajaram dentro do país. A gente sabe que é uma coisa muito nova e que está mudando a cada dia, as vezes o Ministério da Saúde mude esse critério de notificação e a gente pode ter mudanças, mais por enquanto a gente segue esse critério. A gente sabe que já tem transmissão dentro do país, com esses pacientes que estão apresentando os sintomas, nós estamos orientando e acompanhando os casos como se fossem suspeitos, tendo o máximo de cuidado.".

Camila Silva falou também que os cuidados necessários estão sendo tomados. "Os mesmos cuidados que temos com caso notificado suspeito, nós estamos tendo com esses dois pacientes que apresentam os sintomas característicos, ou que circularam aqui dentro do país, foram pra São Paulo capital ou para algum local. Então, estamos tomando todos esses cuidados, esses casos que estão sendo acompanhados como foi citado pelo prefeito, não são casos notificados, porém, estamos cuidando como se fossem. Esses dois pacientes foram colocados em isolamento residencial, foi passado tudo o que eles podem ou não fazer, eles foram orientados e o monitoramento está sendo realizado.".

Questionada sobre pessoas que tiveram contato com esses dois casos monitorados, Camila Silva destacou que como eles não se enquadram no protocolo de casos suspeitos de fato, só serão colocadas em isolamento se apresentarem sintomas da doença. "O protocolo pede que os casos de quem apresentar sintomas sejam monitorados, então pessoas que tiveram contato com os dois casos que estão com sintomas da doença, ainda não estão em isolamento. Caso mude o protocolo e alguns desses casos se torne suspeito, todas as Unidades de Saúde serão avisadas para que tomem as providências necessárias.", finalizou.

A prefeitura de Osvaldo Cruz também emitiu uma nota a respeito do assunto. Segue a nota na íntegra:

Informação de pacientes monitorados em Osvaldo Cruz 

A Prefeitura de Osvaldo Cruz esclarece que o Ministério da Saúde estabelece critérios para o que chama de "casos suspeitos".

Os critérios são:

- sintomas característicos da doença;

- paciente que tenha viajado para outro país;

- contato com caso suspeito ou positivo para COVID-19 em qualquer lugar, seguido de sintomas;

Aqui em Osvaldo Cruz não há nenhum paciente que tenha se enquadrado nestas condições.

Há pacientes que viajaram para o exterior ou contato com suspeitos ou contaminados, mas não tiveram sintomas. Portanto não há pacientes com casos notificados (suspeitos).

O que existem são pessoas que tiveram sintomas relacionados ao COVID-19 e pessoas que viajaram dentro do país. Essas pessoas, por cautela, foram isoladas e são monitoradas. São pessoas que recebem os mesmos cuidados como se fossem suspeitos, mas não há oficialmente nenhum que se enquadre no protocolo oficial do Ministério da Saúde.

Foram esses os casos citados pelo Prefeito Edmar Mazucato em sua entrevista publicada nesta manhã à imprensa e nas redes sociais do Município e da própria autoridade.

O Prefeito Edmar Mazucato, aliás, referiu-se a casos monitorados no vizinho município de Sagres e que se enquadram na mesma situação. Em nenhum momento houve referência a casos suspeitos nem em Osvaldo Cruz e nem em Sagres e a declaração foi baseada em informações coletadas nesta manhã em reunião com equipe técnica da Santa Casa de Osvaldo Cruz.