Fechar
Região

Homens são encontrados mortos em Presidente Prudente e Rancharia; Polícia Civil investiga os casos

28 de Março de 2020

18h07

Fonte: TV Fronteira - Gabriel Lanza

Os corpos de dois homens foram encontrados neste sábado (28), em Presidente Prudente (SP) e Rancharia (SP), em um intervalo de cinco horas.

Os dois casos são investigados pela Polícia Civil.

O primeiro caso foi em Rancharia, onde, segundo o delegado da Polícia Civil Arlindo Ribeiro Sales, o corpo de um homem foi encontrado, por volta das 7h, na antiga Estação Rodoviária da cidade. O rapaz já teve passagens pela polícia e então passou a morar na rua.

Segundo o delegado, a suspeita inicial da Polícia Civil é de que a morte tenha sido em decorrência de um desentendimento com outros moradores de rua, principalmente, por causa de droga.

A polícia vai aguardar os laudos do Instituto Médico Legal (IML) para avaliar, com precisão, o que de fato ocorreu.

Aparentemente, o rapaz foi morto com pedradas na cabeça, o que aumenta ainda mais a suspeita de desentendimento entre moradores de rua. Ele portava documentos, o que facilitou a identificação pelos policiais.

Já no caso de Presidente Prudente, segundo a Polícia Militar, o corpo de um homem foi encontrado nas proximidades do Balneário da Amizade, por volta das 12h, enrolado em uma espécie de cobertor.

A polícia informou que ele foi encontrado em frente a um rancho.

A Polícia Civil e a Polícia Científica compareceram ao local para levantar informações capazes de ajudar nas investigações sobre o caso.

Pessoas que passavam pelo local notaram a presença do corpo, que estava apenas com a cabeça para fora, e chamaram a polícia.

Segundo a Polícia Militar, o homem não tinha documentos que o identificassem e apresentava uma aparência de, aproximadamente, 30 anos de idade.

Ainda de acordo com a PM, o corpo estava com as mãos e os pés amarrados e não tinha sinais de perfurações de tiros ou facadas.

No entanto, os policiais constataram que o rapaz possuía marcas no pescoço que podem indicar ter sido vítima de estrangulamento.

Os laudos do IML são aguardados pela Polícia Civil para apontar o que causou a morte.