Fechar
Região

Jovem é autuado em flagrante acusado de furtar dinheiro de auxílio de moradora de Herculândia

08 de Maio de 2020

09h47

Redação Bastos Já

Um rapaz de 20 anos de idade, morador em Herculândia e que, segundo a Polícia Militar, cumpriu 6 meses de prisão por tráfico de drogas no Presídio de Caiuá (SP), sendo colocado em liberdade em setembro de 2019, foi autuado em flagrante acusado de furtar uma quantia de R$ 600,00 referente a primeira parcela do auxilio emergencial de uma senhora de 38 anos de idade residente na mesma cidade do jovem. Um adolescente de 14 anos foi detido por envolvimento no caso, porém, foi liberado, depois de prestar depoimento, sob reponsabilidade do genitor. O caso foi registrado pela Polícia Militar de Herculândia, com o cabo Henrique e soldado Ramos, por volta das 11h48 dessa quinta-feira, dia 7.

Segundo informações, os PMs foram solicitados para atenderam uma ocorrência de desinteligência e no local foram informados pela vítima de 38 anos de idade que solicitou ajuda para que o acusado de 20 anos pudesse lhe auxiliar no manuseio do aplicativo "auxílio emergencial" da Caixa Econômica Federal, para sacar o valor de R$ 600,00 referente ao benefício do governo federal. Como os dados do referido benefício se encontravam no aplicativo do celular do rapaz, o acusado realizou uma transferência eletrônica do dinheiro que a vítima tem o direito de receber para a conta da avó do adolescente de 14 anos, que, segundo a Polícia Militar, há 2 semanas foi apreendido por prática de furto de celular.

Ainda segundo informações fornecidas pela Polícia Militar, a avó do menor de 14 anos, sem saber do ocorrido - que era uma transferência ilegal e da origem do dinheiro, fez o saque da quantia para seu neto. O jovem e o adolescente foram localizados e detidos e informaram que o menor ficou com um valor de R$ 150,00, como meio de pagamento por ter utilizado a conta de sua avó. Ainda segundo a PM, foi recuperada a quantia de R$ 400,00, valor restituído a vítima. O jovem recebeu voz de voz de prisão dada pelos policiais militares e foi levado a Delegacia de Polícia Civil, onde o delegado de plantão Eduardo Augusto Saran fez o flagrante de furto e o rapaz ficou a disposição da Justiça.