Fechar
Região

Polícia Militar de Quatá detém motorista acusado de embriaguez ao volante

22 de Maio de 2020

07h34

Redação Bastos Já

Uma equipe do 8º Grupamento da Polícia Militar de Quatá, composta com a cabo Ernestina e cabo Álvares, com apoio do 1º sargento Nascimento e cabo Genilson, deteve um motorista acusado de embriaguez ao volante e resistência. O caso foi registrado por volta das 13h10 dessa quinta-feira, dia 21, em Quatá, após moradores ligaram anonimamente para a PM e reclamarem que um indivíduo, aparentando estar embriagado, estava dirigindo um veículo Renault em alta velocidade e praticando manobras perigosas.

Ainda segundo a Polícia Militar, as equipes foram até a Rua Antônio Marques e flagraram o veículo, que estava em alta velocidade, parar bruscamente próximo de um Posto de Saúde da Família. A PM informa que o condutor, que desembarcou cambaleando e adentrou o local, foi convidado a sair do estabelecimento para abordagem, porém, resistiu a ordem policial e, demonstrando claros sinais de embriaguez alcoólica - voz pastosa, olhos avermelhados, forte odor etílico, sudorese, desordens nas vestes, agressividade e total falta de coordenação motora -, ofereceu resistência, más acabou sendo abordado.

A Polícia Militar revelou que o motorista foi conduzido a Delegacia de Polícia Civil de Quatá e concordou em realizar o teste do etilômetro, más devido sua total falta de coordenação não conseguiu realizar o teste, sendo encaminhado ao hospital, onde foi submetido a exame clinico e constatado sua embriaguez e falta de coordenação motora. Ainda segundo a PM, a equipe médica informou que o condutor era suspeito de portar o coronavírus e não estava respeitando a ordem médica de isolamento. Foi tomadas as medidas administrativas quanto ao veículo. O condutor foi liberado após pagamento de fiança.