Fechar
Região

Comerciantes protestam pela flexibilização do atendimento do comércio em Osvaldo Cruz

24 de Maio de 2020

11h51

Fonte: Portal Metrópole de Notícias / Acally Toledo

Comerciantes continuam com as manifestações pacíficas pela flexibilização do comércio de Osvaldo Cruz. Eles pedem a volta ao atendimento presencial, seguindo as regras de higiene e limpeza estabelecidos pelo Ministério da Saúde.

A reportagem do Portal Metrópole de Notícias acompanhou a manifestação dessa sexta-feira (22), na Avenida Brasil, e conversou com Luciana Pereira, comerciante que falou que o funcionamento drive thru não ajudou o comércio local. "Essa nossa manifestação é um apelo. Pedimos bom senso, porque não tem como trabalhar dessa forma, como vamos deixar a pessoa experimentar a roupa ou o sapato dentro do carro. As lojas não estão sendo consideradas serviços essenciais, mas tem duas, dez, vinte pessoas que trabalham e dependem daquele trabalho, então é essencial sim. Estamos indignados com a desigualdade.", disse.

O comerciante Wagner Pereira de Souza também falou com a reportagem do Portal Metrópole de Notícias. "Na verdade, para nós, está cada vez mais difícil, ninguém ajuda a gente e esse drive thru não está dano certo. Vários clientes vão na loja a pé, não tem carro e eu não vou poder atender. Devagar o comércio de Osvaldo Cruz está sendo destruído. Só queremos igualdade, trabalhar igual ao mercado, a farmácia, só queremos trabalhar.", finalizou.