Fechar
Região

Polícia Militar Ambiental apreende armas e aves, além de animal abatido em propriedade rural em Rancharia

09 de Julho de 2020

10h22

Por G1 Presidente Prudente

A Polícia Militar Ambiental apreendeu duas armas de fogo, um animal abatido e aves da fauna silvestre durante uma ação, nesta quarta-feira (8), em Rancharia. Dois homens foram autuados.

Após receber denúncia de disparo de arma de fogo em uma propriedade rural no distrito de Agissê, a Polícia Ambiental foi ao local e, em contato com o proprietário, um homem de 36 anos, realizou uma vistoria.

A ação resultou na localização de duas espingardas de calibres 28 e 32 municiadas, além de cartuchos sobressalentes e materiais para recargas. O envolvido informou que uma das armas era de seu funcionário, um homem de 41 anos.

Também foi localizado em um freezer um animal silvestre abatido (cotia).

Em continuidade à fiscalização, já na casa do funcionário, foi constatada a manutenção em cativeiro de quatro pássaros da fauna silvestre, sendo um trinca-ferro, um coleirinho papa-capim e dois sábias.

Com os fatos, foi dada voz de prisão por posse irregular de arma de fogo aos envolvidos.

O proprietário do sítio também foi autuado na modalidade de advertência por ter em depósito animal da fauna silvestre e o funcionário foi autuado em R$ 2 mil por manter aves da fauna silvestre em cativeiro.

Os indivíduos e os materiais apreendidos foram levados à Delegacia da Polícia Civil, onde foram ratificadas as prisões. Contudo, foi arbitrada fiança de um salário-mínimo para cada e ambos foram liberados em seguida.

Os objetos ficaram apreendidos na delegacia e as aves, por estarem em estado bravio, libertadas em seu habitat.