Fechar
Esportes

Quem é Marquinhos? Conheça o meia que superou reforços e ganhou chance no Corinthians

20 de Março de 2019

12h15

Fonte: globoesporte.globo.com

Marcos Vinicius Sousa Natividade, o Marquinhos, é a mais nova opção de Fábio Carille para o Corinthians no Campeonato Paulista.

Inscrito na terça-feira na vaga de Gabriel, cortado por lesão, o meia-atacante de 21 anos passará a ser opção nas quartas de final. Por opção da comissão técnica, ele não será utilizado contra o Ituano, nesta quarta, às 21h30 (de Brasília), em Itu.

A presença de Marquinhos na lista de inscritos foi uma surpresa. O meia-atacante ocupou uma vaga que poderia ter sido ocupada pelo zagueiro Bruno Méndez ou pelo meia Régis, dois jogadores recém-contratados pelo Timão.

O torcedor menos atento, porém, pode estar se perguntando: quem é Marquinhos?

Abaixo, o GloboEsporte.com traz informações sobre o jogador, que é cria da base do Timão.

Campeão na base e experiência na Série C
Campeão da Copa São Paulo de 2017 ao lado de jovens como Carlos Augusto, Mantuan, Pedrinho e Carlinhos, o meia-atacante passou por dois empréstimos no ano passado, para Bangu e Bragantino. Ele teve bom destaque na Série C pelo time do interior de São Paulo.

– Foi um ano crucial para mim (2018). Fui para o Bangu no começo do ano e não deu certo, joguei pouco, mas no Bragantino joguei todas as partidas e fui decisivo (na Série C e na Copa Paulista). Foi bom rodar um pouco e voltar mais amadurecido – afirmou Marquinhos.

Coração corintiano
No clube desde 2014, quando tinha 16 anos, o meia é nascido em Benevides, no Pará. O jogador não esconde jogar pelo time que torce desde a infância.

Lesão no início do ano
Além da concorrência com outros atletas, Marquinhos foi atrapalhado por uma lesão entre janeiro e fevereiro, quando a comissão ainda estava definindo os nomes finais da lista dos 26 atletas inscritos no Paulistão. Por conta de uma canelite (inflamação na canela), ele perdeu alguns treinos.

Parceria com Pedrinho
No ano em que Pedrinho estourou na Copinha como um dos protagonistas do título (2017), Marquinhos também teve enorme destaque. Os dois são muito amigos e, durante a pré-temporada no CT Joaquim Grava, chegaram a dividir quarto na concentração.

– Desde que nos conhecemos somos inseparáveis, ele é um amigo para a vida toda – disse.

Setor do campo
Marquinhos jogou por bastante tempo aberto pelo lado esquerdo na base corintiana. Na única chance que teve no ano, no amistoso contra o Santos, jogou aberto pela direita.

Contrato
Ele tem contrato com o Timão até 31 de dezembro de 2020. Nos primeiros meses do ano, teve propostas para sair por empréstimo, mas ouviu de Fábio Carille que podeira ser aproveitado.