Fechar
Iacri

DER anuncia construção da nova ponte na SP-425, na divisa entre Santópolis do Aguapeí e Iacri

17 de Julho de 2020

13h16

Fonte: Siga Mais

A Secretaria Estadual de Logística e Transportes, por meio do DER (Departamento de Estradas de Rodagem), assinou nesta quarta-feira (15) ordem de serviço para dar início à construção da nova ponte sobre o rio Aguapeí, no km 348, da rodovia Assis Chateaubriand (SP 425), interditada desde setembro do ano passado. O Governo Paulista está investindo R$ 11 milhões na obra, que fica na divisa entre as cidades de Santópolis do Aguapeí e Iacri, na região de Araçatuba.

A nova ponte terá extensão de 115 metros, guarda-corpos, barreiras de concreto e será construída em nível mais alto do que a antiga para evitar as constantes cheias que atingem o rio Aguapeí.

“A SP 425 faz a ligação estratégica entre os Estados de São Paulo, Paraná e Minas Gerais e é um corredor logístico nacional. Por isso, a nova ponte é fundamental para os municípios da região, para esses Estados e para a segurança de todos que a utilizam”, afirma o secretário estadual de Logística e Transportes, João Octaviano Machado Neto.

A previsão é que as obras tenham início em até 30 dias. O prazo de conclusão é de, ao menos, 18 meses, incluindo a demolição da ponte existente. Durante a construção, o local seguirá interditado para garantir a segurança da população.

Rotas alternativas

Com a interdição da ponte, os motoristas que trafegam do Paraná ao Estado de Minas Gerais, podem utilizar como desvio principal a rodovia Euclides de Oliveira Figueiredo (SP 563). A partir daí, toma rotas distintas relativas à região de Minas Gerais a ser acessada. Também é pela mesma estrada que os motoristas vindos do sudoeste de Minas poderão seguir viagem para o Paraná, durante o período de interdição da ponte.

Já o tráfego local, nas cidades vizinhas a Santópolis do Aguapeí, Iacri, Rinópolis e Piacatu, a rota alternativa oficial passa pelas rodovias Comandante João Ribeiro de Barros (SP 294), Euclides de Oliveira Figueiredo (SP 563) e Via Rondon (SP 300), no sentido das cidades de Rinópolis ou Parapuã até Bilac ou Clementina. A população local pode ainda utilizar vias municipais.