Fechar
Região

Homem que abusou sexualmente dos próprios filhos é condenado a quase 70 anos de prisão

18 de Julho de 2020

12h00

Por G1 Presidente Prudente

Um homem denunciado pelo Ministério Público do Estado de São Paulo (MPE-SP) por ter abusado sexualmente dos próprios filhos foi condenado pela Justiça a 69 anos e seis meses de prisão em regime inicial fechado, em Dracena (SP). O resultado do julgamento foi divulgado nesta quinta-feira (16) pelo Ministério Público.

De acordo com Ministério Público, o réu se aproveitava do fato de residir com as crianças para praticar os atos libidinosos. A pena foi agravada, tendo em vista que o réu era o próprio pai das crianças e se aproveitou das facilidades desta situação para executar os abusos íntimos.

Além disso, o homem foi declarado incapaz de continuar exercendo a paternidade em relação às vítimas, de modo que seu nome será retirado da certidão de nascimento delas, segundo o MPE-SP.

O réu está detido desde que os fatos chegaram ao conhecimento das autoridades e permanecerá nessa condição, caso pretenda utilizar qualquer recurso.

O Ministério Público do Estado de São Paulo não divulgou mais detalhes sobre o réu condenado e as vítimas.