Fechar
Região

Mãe e filha morrem após Córrego da Grama transbordar em avenida de Bauru

21 de Março de 2019

10h58

Márcia Duran e Francisco Brunelli / jcnet.com.br


Mãe e filha morreram após o carro onde elas estavam ser arrastado para o leito do Córrego da Grama, que transbordou na avenida Comendador Daniel Pacífico, na altura da Favela São Manuel, no final da noite desta quarta-feira (20), depois que fortes chuvas atingiram Bauru. A força da enxurrada arrastou para dentro do rio o carro conduzido por Luciene Regina do Prado Silva, 43 anos. Ela estava com a filha de de 14 anos, Bianca Prado da Silva. A filha mais velha de 20 anos, que também estava no veículo, conseguiu se salvar após se segurar em uma árvore até a chegada do Corpo de Bombeiros. Ela foi encaminhada para o pronto-socorro e passa bem.



Mais dois carros e um ônibus "rodaram" no local com a força da enxurrada, mas ninguém ficou ferido. A informação que havia outro veículo no leito do rio também não foi confirmada. Os corpos foram resgatados na madrugada de hoje, mas a informação é de que o veículo continua no leito do rio.

O Rio Bauru também transbordou na avenida Nuno de Assis. Informações extraoficiais dão conta que três carros e dois ônibus circulares ficaram ilhados na avenida Nuno de Assis, entre o viaduto João Simonetti, na rua 13 de Maio, e o terminal rodoviário, com pessoas dentro dos veículos, mas sem feridos. Por volta das 2h da madrugada desta quinta-feira (21), as águas baixaram e o rio voltou ao seu curso normal.

Além da Nuno de Assis e da Favela São Manoel, ainda foram registrados pontos de alagamento na avenida Comendador José da Silva Martha, avenida Alfredo Maia, rua Inconfidência e na avenida Nações Unidas, na altura da linha férrea. Depois que a água baixou na Nações não foram verificados danos no asfalto.

Já na quadra 2 da rua Inconfidência, uma senhora de 90 anos ficou ilhada dentro da sua própria residência, que alagou. Várias casas vizinhas foram inundadas e as famílias perderam seus pertences.

Segundo a Polícia Rodoviária, na avenida Elias Miguel Maluf, na Vila industrial, no acesso à rodovia Bauru-Marília (SP-294), quilômetro 354, aconteceu um desbarrancamento. A pista ficou parcialmente bloqueada e o desvio está sendo feito pelo acostamento. O local só deve ser liberado no decorrer do dia de hoje. A informação extraoficial é que um carro chegou a bater em uma árvore caída.

O velório de mãe e filha ocorre no salão nobre 1 do Centro Velatório Terra Branca, da quadra 5 da rua Gerson França, no Centro. O sepultamento está marcado para as 10h desta sexta-feira (22), no Cemitério Parque Jardim Dos Lírios, em Bauru.

CLIQUE AQUI E VEJA VÍDEOS E FOTOS