Fechar
Região

Osvaldo Cruz: Santa Casa emite nota sobre terceiro caso apontado como óbito pela Covid-19

13 de Agosto de 2020

12h35

Fonte: Portal Metrópole de Notícias / Acally Toledo - colaboração da Ocnet - com informações da Santa Casa de Osvaldo Cruz, Osvaldo Cruz - SP

Após a polêmica gerada pela nota emitida pela Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Osvaldo Cruz ontem (12) em que, baseado em dados da Vigilância Epidemiológica do Município e Santa Casa sobre o terceiro caso de morte de paciente com implicações pela Covid-19, o hospital foi procurado hoje (13) para nova manifestação sobre o caso.

A diretora técnica da Santa Casa, Nathalia Gasparotto, assina Nota à Imprensa onde declara que o paciente deu entrada na unidade hospitalar com quadro de abdômen agudo causado por perfuração intestinal. O "quadro" foi "agravado quando" o paciente "sofreu uma parada cardíaca durante ato cirúrgico" e na oportunidade foi "reanimado".

"A cirugia obteve o resultado esperado, com resolução do caso, porém o paciente não evoluiu bem, permanecendo entubado no pós-operatório e evoluindo a óbito em questão de algumas horas", diz a nota.

Coleta de exame para Covid-19

De acordo com a diretoria técnica a equipe médica que assistia ao paciente, "não contente com a mã evolução, optou por voletar Swab (modalidade RT-PCR, quando há coleta de material de orofaringe e/ou nasofaringe - garganta e nariz - obtido com uma haste flexível) para pesquisa de Covid-19", diz a Nota.

O material coletado foi encaminhado ao Instituto Adolf Lutz e no dia 12, quarta-feira, chegou o resultado do exame como positivo.

Na mesma nota, a diretora técnica Nathalia Gasparotto diz que a Vigilância Epidemiológica do Município informa "que doenças de notificação compulsória devem constar também como uma das causas de óbito, mesmo não sendo a principal".

Ainda conforme a médica, "a Santa Casa apenas informou os familiares sobre o resultado positivo" e que "cabe à Vigilância Epidemiológica tomar as providências cabíveis dentro da lei".

E prossegue a nota destacando que "não há ganhos Lícitos e nem Ilícitos para a Santa Casa bem como para com seus colaboradores em casos de Óbitos Positivos".

Íntegra da Nota à Imprensa emitida pela Santa Casa de Osvaldo Cruz



"Nota à Imprensa:

Declaramos que o sr. P....... deu entrada nesta entidade por quadro de Abdome Agudo causado por perfuração intestinal, teve seu quadro agravado quando sofreu uma parada cardíaca durante ato cirúrgico onde foi prontamente reanimado. A cirurgia obteve o resultado esperado, com resolução do caso, porém o paciente não eoluiu bem, permanecendo entubado no pós-operatório e evoluindo a óbito em questão de algumas horas. A equipe médica que o assistia, não contente com a má evolução, optou por coletar Swab para pesquisa de COVID-19, o mesmo foi encaminhado ao instituto Adolf Lutz. No dia 12/08/2020 chegou o resultado do exame como POSITIVO. A vigilância Epidemiológica do Município informa que Doenças de Notificação Compulsória devem constar também como uma das causas de óbito, mesmo não sendo a principal. A Santa Casa apenas informou os familiares sobre o resultado positivo, cabendo à Vigilância Epidemiológica tomar as providências cabíveis dentro da lei. Aproveitamos a oportunidade para reiterar que não há ganhos Lícitos e nem Ilícitos para a Santa Casa bem como para com seus colaboradores com casos de Óbitos Positivos. Sem mais. A Direção"