Fechar
Região

Indivíduo é preso pela Polícia Militar acusado de roubo tentado em Herculândia

12 de Outubro de 2020

09h19

Redação Bastos Já

Um indivíduo de 32 anos de idade foi preso pela Polícia Militar acusado de tentar praticar um roubo contra uma loja de Herculândia, no final da tarde de sábado, dia 10. Morador de Herculândia, o criminoso foi preso quando tentava fugir em um ônibus de transporte de passageiros intermunicipal com destino a cidade de Marília. O caso foi registrado pela Polícia Militar com as equipes do soldado Clovis e cabo Moreno (DEJEM - Diária Especial por Jornada Extraordinária de Trabalho Policial Militar).

Por volta das 17h45, as equipes foram acionadas via Copom para atendimento de uma ocorrência de roubo tentativa em estabelecimento comercial na avenida Dom Pedro Segundo, área central da cidade de Herculândia. Os policiais militares chegaram ao local e foram informados que a proprietária estava fechando a loja quando um indivíduo trajando bermuda e camiseta cinza adentrou o estabelecimento e, com as mãos para trás, dando a impressão de estar armado, anunciou o roubo, dizendo a vítima: "fica quieta que isso é um assalto".

Logo depois de anunciar o roubo, o ladrão passou para a parte de dentro rumo ao caixa, momento que a vítima, ao ver o bandido se aproximar dela, gritou por socorro, momento que seu namorado, que estava nos fundos da loja, veio rapidamente fazendo com o indivíduo fugisse. Ainda segundo a PM, antes de fugir o bandido fez ameaças dizendo que “voltaria e lhes meteria uma bala na cabeça deles”. Os policiais militares iniciaram as buscas e lograram êxito em prender o acusado que já estava no interior de um ônibus que seguia para a cidade de Marília.

Depois da abordagem, os policiais militares deram voz de prisão em flagrante de delito pelo crime de roubo tentado ao criminoso, que foi conduzido a Central de Polícia Judiciária (CPJ) na cidade de Tupã. A delegada Janaína  Antoniazzi Pinheiro tomou ciência dos fatos e ratificou a voz de prisão em flagrante pelo crime de roubo tentado, ficando o indiciado a disposição da justiça.