Fechar
Região

Polícia Militar Ambiental autua 12 pessoas por pesca em local proibido no Rio Laranja Doce

27 de Outubro de 2020

07h37

Por G1 Presidente Prudente e Região

A Polícia Militar Ambiental autuou 12 pessoas nesta segunda-feira (26) por pesca em local proibido no Rio Laranja Doce, braço do Rio Paranapanema, em Taciba.

Na primeira fiscalização uma pessoa foi flagrada com uma tarrafa, na iminência de realizar pesca em uma corredeira, local considerado proibido. Foi lavrado em desfavor do infrator um auto de infração ambiental na modalidade advertência (não havia peixes capturados) por pescar em local proibido.

Já em outra abordagem, mais uma pessoa foi flagrada praticando a pesca desembarcada com uma vara de mão do tipo telescópica, também em uma corredeira, onde já havia capturado 1,5 quilo de peixes da espécie piau e lambari.

Mediante a isso, foi elaborado um auto de infração ambiental no valor de R$ 730. Como os pescados estavam vivos foram soltos no manancial.

Em uma terceira fiscalização, os militares flagraram dez pessoas praticando pesca desembarcada com varas de mão dos tipos telescópica e molinete, em local proibido, sendo que dois pescadores já haviam capturado alguns peixes (1 quilo de peixes das espécies piau e lambari). Diante disso, os policiais elaboraram dez autos de infração ambiental, sendo dois no valor de R$ 710 cada e oito na modalidade advertência (pescadores sem peixes).

Os pescados estavam vivos e foram soltos, segundo a polícia.

Todos os envolvidos foram autuados conforme o artigo 36 da Resolução SMA 48/2014.

Os materiais apreendidos, sendo uma tarrafa de nylon e 11 varas de pesca, ficaram depositados na sede do 1º Pelotão de Polícia Militar Ambiental em Presidente Prudente.

As multas totalizaram R$ 2.150,00.