Fechar
Iacri

Acusado de matar homem em fazenda de Iacri diz que vingou a morte do irmão ocorrida no Ceará

28 de Outubro de 2020

13h02

Redação Bastos Já – com informações cedidas por João Mário Trentini

Preso pela Polícia Civil na manhã de hoje (28) acusado da autoria da morte de Francisco Marcos Pereira de Souza, que tinha 34 anos de idade, um morador de Iacri de 33 anos revelou que praticou o crime para vingar a morte do seu irmão, homicídio este ocorrido em Pedra Branca, no estado do Ceará. O acusado contou ainda que a morte do seu irmão foi praticada por Francisco de Souza, que estava residindo em Piacatu e foi assassinado a tiros em uma fazenda de Iacri, no último dia 17. O revólver usado no crime também foi apreendido.

O delegado Wellington Ubiratã, da Delegacia de Polícia Civil de Iacri, informou também que foi detido um jovem de 18 anos que teria levado de moto o indivíduo até a fazenda para executar Francisco de Souza. “Após o cometimento do delito fizemos a investigação e inteligência policial, com apoio da DIG e DISE de Tupã, esclarecemos o crime e identificamos os dois envolvidos no homicídio do último dia 17. Na manhã de hoje, dia 28, fizemos o trabalho de busca e diante da confissão dos investigados eu representei junto ao Fórum de Bastos pela prisão temporária de 30 dias de ambos os investigados”.

Wellington Ubiratã revelou ainda que: “Segundo o atirador a vítima teria ceifado a vida de seu irmão de nome Daniel há 5 anos atrás na cidade de Pedra Branca no Ceará, e em virtude disso na data do dia 17 de outubro teria se vingado da morte do familiar. Contou ainda que o jovem de 18 anos levou ele - acusado - até a propriedade e ficou perto de uma ponte próximo ao local do homicídio. Relatou também que desceu da moto e foi até o local do crime onde disparou sete tiros contra a vítima. Ainda segundo o depoimento existe uma desavença familiar”.

O trabalho policial realizado na manhã de hoje contou com o delegado Wellington Ubiratã, o
investigador José Cícero, que está substituindo a investigadora Viviane que desfruta de merecidas férias e apoio da equipe da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Tupã - investigadores Márcio, Tiago, Arthur, Marcio Jorge e Marshal.