Fechar
Região

Operação da Polícia Civil de Tupã para combate ao tráfico de drogas prende três pessoas

30 de Outubro de 2020

08h44

Redação Bastos Já

A Polícia Civil de Tupã, através da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (DISE) e apoio da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), desenvolveu operação de combate ao tráfico de drogas e conseguiu prender duas mulheres de 28 e 40 de anos de idade e um homem com 26 anos por suspeita de envolvimento no crime, na manhã dessa quinta-feira, dia 29. O delegado Flávio Delgado de Melo disse que o trabalho policial aconteceu com muito êxito após uma série de investigações e agradeceu todo o indispensável apoio dos policiais civis da DIG e também a dedicação e profissionalismo dos agentes lotados na DISE.

O delegado informou que de posse de mandados de busca, policiais civis da DISE, com apoio de agentes da DIG, deram cumprimento a quatro mandados de busca expedidos pelo Poder Judiciário “em locais investigados por comércio de drogas. Em uma residência na Rua Bauru foi encontrado, escondidos no forro da casa, material para preparo e embalo de droga. Outra equipe realizou diligência em imóvel na Rua Rui Barbosa, Vila Independência e encontrou nove porções de crack em poder de umas das moradoras. Na casa foram apreendidas duas porções de maconha, uma porção de crack e dinheiro obtido com a venda de drogas e celulares”.

Flávio Delgado de Melo salientou que as investigações desenvolvidas pela DISE “já haviam detectado o envolvimento no tráfico de drogas de alguns dos alvos e a apreensão de droga, dinheiro e apetrechos para embalar a droga materializou assim o que já estava em investigação. A rápida e eficiente ação da Polícia Civil, mais uma vez, consegue tirar de circulação indivíduos que estão diretamente envolvidos com o tráfico de drogas, sendo duas mulheres, uma de 40 e outra com 28 anos e um homem com 26 anos de idade, dos quais, as duas mulheres já presa anteriormente por tráfico de drogas”.

Conforme esclareceu o delegado Flávio Delgado de Melo, “uma das presas foi autuada em flagrante delito por tráfico de drogas recentemente (setembro/2020), sendo colocada em liberdade e já retornou ao comércio de drogas”.