Fechar
Região

Indivíduo é preso em flagrante acusado de agredir a companheira em Tupã

11 de Novembro de 2020

06h39

Redação Bastos Já

A Polícia Militar de Tupã prendeu um indivíduo acusado de violência doméstica contra sua companheira, que após a agressão apresentava ferimentos em parte do corpo. O flagrante de violência doméstica ocorrido na Rua Caetano Violante, foi registrado pela equipe do cabo Anderson e soldado Menegatti, com apoio do 1º sargento Dias e cabo Bruno (CGP2). O caso foi registrado na manhã dessa terça-feira, dia 10, em Tupã.

Os policiais militares foram ao endereço atendendo solicitação da vítima, que informou ter sido agredida pelo amásio. A Polícia Militar informou ainda que a mulher apresentava ferimentos no pé e lesão no ombro e o indivíduo estava alterado e foi necessário uso de força física para contê-lo e algemá-lo. Os policiais militares deram voz de prisão em flagrante ao indivíduo, ratificada pelo delegado Paulo César Pardo Soares.

Orientação e alerta

O delegado disse que “infelizmente a violência doméstica acontece reiteradamente em qualquer cidade da região. O homem com esta cultura machista acha que a mulher é propriedade dele, e não é. Quando a mulher diz não ao homem a decisão dela dever ser respeitada e ponto final, cada um tem que seguir o seu caminho. Porém, muitos homens não entendem o posicionamento da mulher e parte para a ameaça e agressões físicas, esquecendo que a lei é severa e dá cadeia”.

Paulo César Pardo Soares ressaltou ainda que: “Nós orientamos as mulheres que a medida protetiva é uma ordem judicial que impede a aproximação do homem e legalmente dá uma proteção positiva, mais papel não segura facada, tiro ou paulada. Por este motivo, a mulher ao perceber qualquer atitude estranha por parte do homem deve, imediatamente, procurar a Polícia Civil ou ligar para a Polícia Militar”, alertou o delegado.