Fechar
Região

Polícia Ambiental autua em mais de R$ 3,8 mil comércio de madeira de Quatá

01 de Dezembro de 2020

09h18

Redação Bastos Já

Equipe do 2º Pelotão da Polícia Militar Ambiental de Tupã, sob comando do 1º tenente Ventrone, lavrou um auto de infração ambiental no valor de R$3.814,47 contra um comércio de Quatá suspeito de vender madeira sem emissão de DOF (Documento de Origem Florestal). O caso foi registrado nessa segunda-feira, dia 30, pela equipe do cabo Padovesi, cabo Oliveira, cabo Piazentin e cabo Ravelli.

Segundo informou a Polícia Ambiental, durante fiscalização de pátio madeireiro no município de Quatá foi constatado um déficit de 12,7149 m3 de madeira nativa em comparação ao saldo existente no sistema DOF. “In tese a madeira foi escoada sem a emissão do documento fiscal obrigatório DOF. Foi lavrado o Auto de Infração Ambiental no valor de R$3.814,47, por incorrer no disposto do parágrafo 1° do artigo 48 da Resolução SMA 48/2014”, completou.