Fechar
Esportes

São Paulo atropela o Botafogo, leva título simbólico do primeiro turno e abre sete pontos na liderança

10 de Dezembro de 2020

01h11

Fonte: globoesporte.globo.com

Show do Tricolor!
O São Paulo disparou na liderança do Campeonato Brasileiro. Na noite desta quarta-feira, no Morumbi, o Tricolor goleou o Botafogo por 4 a 0, gols de Brenner (2), Reinaldo e Hernanes, em jogo atrasado da 18ª rodada, e conquistou também o título simbólico do primeiro turno. A equipe paulista está agora há 17 jogos sem perder na competição nacional e segue invicta como mandante. Situação bem diferente da do Glorioso, que está sem vencer há nove rodadas, sendo seis derrotas seguidas e ainda teve Marcelo Benevenuto expulso na etapa inicial.

Como fica?
Como essa vitória, o São Paulo dispara na liderança, com 50 pontos, e abre sete de diferença para o vice-líder Atlético-MG. O Botafogo, por sua vez, vive situação complicada na zona de rebaixamento, com apenas 20 pontos, na vice-lanterna.

Primeiro tempo
O São Paulo mostrou eficiência de líder no primeiro tempo contra o Botafogo. No controle do jogo desde o primeiro toque na bola, o Tricolor chegou com perigo em chute de Luciano logo aos dois minutos, mas Diego Cavalieri defendeu. O goleiro, porém, não conseguiu parar o artilheiro Brenner aos nove. Gabriel Sara não desistiu de bola que sairia pela linha de fundo, cruzou, e o atacante cabeceou com qualidade para abrir o placar. Brenner quase fez segundo aos 15, quando Arboleda cabeceou, Cavalieri defendeu e, na sobra, o atacante acertou a trave. Em noite inspirada, Brenner fez mais um aos 26. Após passe de Luciano, ele carregou a bola na grande área e bateu forte. Perdido em campo, o Botafogo se atrapalhou mais ainda aos 33, quando Marcelo Benevenuto foi expulso, após revisão do VAR, por falta dura em Luan. Aos 40, Tchê Tchê arriscou de longe, e Cavalieri fez ótima defesa. Aos 44, após chute de Igor Gomes, a bola bateu no braço de Forster e, após revisão, pênalti para o São Paulo. Na cobrança, Reinaldo, aos 47, fez o terceiro do Tricolor. Etapa inicial avassaladora do São Paulo, e apatia total do Botafogo.

Segundo tempo
Na etapa final, o São Paulo manteve o domínio do jogo. Mas em um ritmo menos acelerado do que no primeiro tempo, quando desenhou a vitória. Mesmo assim, aos poucos, o Tricolor cresceu no ataque e levou perigo a Diego Cavalieri. Com Brenner, Luciano, Reinaldo.. O Botafogo, sem nada mais a perder, até que se arriscou mais em alguns contra-ataques, mas faltou qualidade na criação e na conclusão das jogadas. Mas o São Paulo foi mais perigoso. E aos 23, quase marcou o quarto. Vitor Bueno, de fora da área, acertou a trave. Na sequência, uma das poucas finalizações do time carioca. Bruno Nazário bateu colocado de fora da área e mandou longe. Aos 33, mais uma bola na trave do São Paulo. Luciano, após cruzamento de Vitor Bueno, quase deixou o dele. Mas quem deixou um golaço nas redes do Botafogo foi Hernanes, em chute de fora da área aos 44, completando a goleada do Tricolor.