Fechar
Região

Tupã: Criador é multado em R$ 500,00 por manter espécime da fauna silvestre nativa

16 de Dezembro de 2020

08h10

Redação Bastos Já

A Polícia Militar Ambiental de Tupã aplicou multa de R$ 500,00 em um morador acusado de manter espécime da fauna silvestre nativa em desacordo com a autorização obtida. O caso foi registrado durante a Operação "Força Ambiental", realizada nesta terça-feira, dia 15, pela equipe do 2º sargento Santos, cabo Martiniano e soldado Torres.

Segundo informações, a Polícia Ambiental recebeu denúncia de fauna, onde era mantida aves silvestres nativas em cativeiro e caça. A foi ao local e constatou uma ave silvestre nativa mantida em cativeiro, estando em desacordo com a autorização obtida. Os policiais lavraram o termo de apreensão e soltura e o auto de infração ambiental no valor de R$ 500,00.



Após o registro da ocorrência, a ave foi libertada em hábitat natural, devido ao estado bravio e sinais claros de recente captura, uma gaiola apreendida e destruída e bloqueio de cadastro junto ao IBAMA.