Fechar
Esportes

América-MG segura o Palmeiras na primeira semifinal da Copa do Brasil

24 de Dezembro de 2020

00h54

Fonte: globoesporte.globo.com

Tudo igual
Palmeiras e América-MG empataram por 1 a 1, nesta quarta-feira, no Allianz Parque, no primeiro jogo das semifinais da Copa do Brasil. Os gols saíram no primeiro tempo. Ademir abriu o placar para o Coelho em falha de Emerson Santos na saída de bola, mas Gustavo Gómez empatou de cabeça já nos acréscimos após uma cobrança de lateral de Marcos Rocha para a área.

E agora?
Os times voltam a jogar na próxima quarta-feira, 30 de dezembro, às 21h30, no estádio Independência, em Belo Horizonte. Empate por qualquer placar leva a decisão para os pênaltis. Quem vencer, fica com a vaga na final da Copa do Brasil. Na outra semifinal, o Grêmio abriu vantagem ao vencer o São Paulo por 1 a 0, em Porto Alegre.

Primeiro tempo
O América-MG foi melhor do que o Palmeiras. Bem posicionado em seu campo de defesa, o Coelho travou as principais jogadas de ataque do Palmeiras. Logo no primeiro minuto, Ademir fez boa jogada e cruzou para Geovane bater. Weverton salvou. A melhor chance do Verdão foi logo em seguida, com Rony invadindo a área pela direita. Ele bateu cruzado, e Matheus espalmou. O gol do Coelho saiu aos 19. Emerson Santos errou na saída e deu a bola de presente para Ademir na área. Ele dominou no peito e bateu na saída do goleiro. Mesmo sem jogar bem, os palmeirenses levaram perigo nos minutos finais e buscaram o empate. Gabriel Veron chutou da direita, Matheus fez a defesa, caiu para dentro do gol, mas conseguiu impedir que a bola entrasse. No final, Veron, de cabeça na pequena área, mandou por cima. Aos 48, Marcos Rocha cobrou o lateral para a áera, e Gustavo Gómez empatou de cabeça.

Segundo tempo
O Palmeiras voltou melhor no segundo tempo. Rony, em chute pelo lado de fora da rede, e Gustavo Scarpa, em cobrança de escanteio, assustaram o América, que já não conseguia marcar com tanta eficiência. Abel Ferreira apostou em três trocas aos 20 minutos: entraram Luiz Adriano, Lucas Lima e Danilo. Nada, porém, que fizesse o time sufocar o rival. Em seguida, o técnico apostou em Gabriel Silva e Viña. Aos 34, Messias errou o corte e deu a bola de presente para Luiz Adriano finalizar. Matheus fez grande defesa. Mas o time não conseguiu manter o ritmo. Nos minutos finais, o América-MG segurou a igualdade.