Fechar
Região

Polícia Ambiental aplica multa de R$ 3,2 mil por infrações ambientais em Marília

27 de Dezembro de 2020

12h52

Redação Bastos Já – com informações de João Mário Trentini

A Polícia Militar Ambiental fez três autuações ambientais que totalizaram R$ 3.200,00 por infrações de utilizar espécime - manter em cativeiro - reintroduzir na natureza, em uma propriedade em Marília, neste domingo, dia 27. O fato aconteceu em uma chácara localizada no município e foi registrado pela equipe do 1º sargento Ferro, cabo Fabiano e cabo Rovere, com apoio do cabo Valdemir e cabo Lima.

Segundo boletim de ocorrência, durante a operação "Rodovias Mais Seguras", os policiais foram atender uma denúncia de que indivíduos estariam em uma chácara alugada efetuando a captura de aves. As equipes se deslocaram ao local, onde constataram uma gaiola contendo em seu interior uma ave silvestre nativa da espécie Coleirinho-papa-capim, estando acoplado um alçapão armado.

Ainda segundo a Polícia Ambiental, havia uma gaiola com um canário-da-terra, que foi solto com o intuito de ludibriar a fiscalização. Foram lavrados três autos de infração ambiental, sendo um por utilizar, outro por ter em cativeiro e outro por reintroduzir espécime na natureza, cujo valores somados totalizaram R$3.200,00. A ave da espécie coleirinho-papa-capim, passou por análise de veterinária competente e foi reintroduzida na natureza.