Fechar
Região

Polícia Ambiental apreende petrecho de pesca no Rio do Peixe, em Parapuã

08 de Janeiro de 2021

15h31

Redação Bastos Já - com informações cedidas por Valdecir Luís

Equipes da Polícia Ambiental de Tupã realizaram a apreensão de uma rede de arrasto com 32 metros de comprimento por 4 metros de altura que estava sendo preparada para pescaria proibida no Rio do Peixe, município de Parapuã, nesta sexta-feira, dia 8. O caso foi registrado como apreensão de petrecho não permitido pela equipe composta pelo 2º sargento Santos, cabo Rodrigueiro, soldado Torres, cabo Glaucimir e cabo Martiniano.

Segundo informações, durante operação piracema, os policiais ambientais realizavam policiamento náutico às margens do Rio do Peixe e na altura do município de Parapuã avistaram um pescador manuseando uma rede no rio. Consta ainda que, ao perceber a aproximação da embarcação, o pescador soltou a rede e empreendeu fuga em meio a mata ciliar. Foi realizado incursão em meio a mata ciliar, porém, a pessoa não foi localizada.

Os policiais verificaram o material que foi abandonado e constaram que era uma rede de arrasto malha 120mm e com medidas amplas. Foi informado ainda que não havia nenhum pescado capturado no momento da apreensão da rede, que permanecerá temporariamente na sede da Polícia Ambiental de Tupã, aguardando o prazo legal para destinação correta.