Fechar
Esportes

Corinthians planeja emprestar pelo menos um atacante após o Paulista e discute futuro de Araos

27 de Março de 2019

13h13

Fonte: globoesporte.globo.com

Enquanto trabalha para reforçar o elenco para o segundo semestre, o Corinthians também planeja abrir mão de alguns jogadores. O ataque é um dos setores que deve passar por mudanças depois do Campeonato Paulista, com chegada de reforço(s) e saídas de atletas.

A diretoria do Corinthians planeja emprestar pelo menos um atacante. Os principais candidatos são André Luis e Gustavo Silva, ambos contratados no começo do ano e que não convenceram até o momento.

O Timão já recebeu sondagens por ambos, mas ainda não abriu negociações.

Publicamente, dirigentes corintianos afirmam que não há nada definido quanto ao assunto. Internamente, porém, há o entendimento de que é preciso liberar ao menos um atacante para abrir espaço para outros jogadores e aliviar a folha salarial.

– Temos muitos atletas sendo procurados, mas neste ano nós nos preocupamos em ter um elenco mais forte, são muitos campeonatos. Então, nós entendemos que é importante ter um elenco e completo. Dependendo disso é que iremos ver no futuro, pós-Paulista e outros campeonatos, se o treinador abre mão de outro jogador ou se chega alguém – disse Duílio Monteiro Alves, diretor de futebol do Timão, no último domingo.

Atualmente, o Corinthians tem 27 jogadores emprestados – o último deles foi Giovanni Augusto, para o Goiás.

O ataque corintiano também perderá Romero, cujo contrato acaba em julho. Sem acerto para renovação, o paraguaio não foi relacionado para nenhum jogo em 2019.

Outro paraguaio, o meia-atacante Sergio Díaz, é mais um que vem sendo pouco utilizado. Ele disputou só dois jogos nesta temporada e foi retirado da lista de inscritos do Paulistão. Porém, como está emprestado pelo Real Madrid, da Espanha, ele não pode ser repassado à outra equipe e seguirá cumprindo seu contrato, que vai até dezembro.

Se por um lado jogadores devem sair, por outro o Timão segue de olho em reforços e tem encaminhada a chegada do atacante Everaldo. O Fluminense tem a prioridade na compra dele, mas o jogador prefere atuar pelo Corinthians e já acertou as bases para um contrato de quatro anos.

O que fazer com Araos?
Não é só o ataque do Corinthians que pode ter jogadores emprestados. O clube também cogita liberar o chileno Ángelo Araos, de 22 anos, com o objetivo de tentar recuperar o atleta.

A situação de Araos é discutida por comissão técnica e diretoria alvinegra. Uma ala do clube defende que ele tenha mais tempo no Timão para tentar mostrar seu futebol, mas outra acredita que é melhor que ele seja cedido a outra equipe – de preferência do Brasil, para que o jovem siga se adaptando ao país.

No começo desta temporada, o jogador de 22 anos recebeu sondagens de clubes chilenos, mas o Corinthians rechaçou emprestá-lo.

Contratado da Universidad de Chile em julho de 2018 por cerca de R$ 17 milhões, Araos ainda não conseguiu brilhar no Corinthians. Ele participou de 22 jogos desde então e não tem sido nem sequer relacionado para as últimas partidas.