Fechar
Região

Tupãense é multado em R$ 2,5 mil por manter aves nativa em cativeiro

30 de Janeiro de 2021

09h13

Redação Bastos Já

A Polícia Militar Ambiental de Tupã lavrou Auto de Infração Ambiental (AIA) no valor de R$ 2.500,00 após encontrar cinco aves da fauna silvestre nativa mantidas em cativeiro em uma residência do município, nesta sexta-feira, dia 29. A ocorrência da natureza “manter espécimes em cativeiro” foi registrada pela equipe do cabo Padovesi e cabo Ravelli.

Consta que durante patrulhamento a equipe recebeu denúncia sobre aves silvestres mantidas em cativeiro. A Polícia Ambiental informou que ao chegarem no endereço informado, uma residência unifamiliar, os policiais cientificaram o morador do teor da denúncia e foram autorizados a entrarem no quintal para averiguação e no decorrer da vistoria encontram quatro Coleirinhos-papa-capim e Canário-da-terra.

Ainda segundo a Polícia Ambiental, todas as aves da fauna silvestre nativa estavam acondicionadas em gaiolas fixadas na varanda da residência e o morador informou ter feito captura no próprio quintal e que não possuía autorização. Foi elaborado o auto de infração ambiental e as aves, que apresentavam estado bravio, foram reintroduzidas no habitat.