Fechar
Esportes

Palmeiras perde para o Tigres na semi e adia sonho do título mundial

08 de Fevereiro de 2021

00h55

Fonte: globoesporte.globo.com

Nas garras dos Tigres
O sonho do Palmeiras de conquistar o Mundial de Clubes teve de ser adiado e a tão aguardada final contra os alemães do Bayern de Munique não irá acontecer. Na tarde deste domingo, oito dias após sagrar-se bicampeão da Copa Libertadores, o Verdão foi derrotado por 1 a 0 pelo Tigres, do México, no estádio Cidade da Educação, no Catar, na semifinal do torneio da Fifa. O gol foi marcado pelo atacante francês Gignac, em cobrança de pênalti no início do segundo tempo. O goleiro Weverton, o melhor jogador alviverde na partida, até acertou o canto do chute, mas não conseguiu defender.

Despedida
O Palmeiras segue no Catar e volta a campo na quinta-feira, na disputa pelo terceiro lugar. Às 12h (de Brasília), o Verdão encara o perdedor do duelo entre Al Ahly, do Egito, e Bayern de Munique, que acontece nesta segunda-feira.

Preço da eliminação
Além da chance de disputar título mundial, o Verdão perdeu uma boa grana em premiação. A Fifa paga 4 milhões de dólares ao segundo colocado e 5 milhões de dólares ao campeão. Caso fique com o terceiro lugar, o time brasileiro receberá 2,5 milhões de dólares (R$ 13,4 milhões na cotação atual). O quarto leva 2 milhões de dólares (cerca de R$ 10,7 milhões).

Adeus precoce
O Palmeiras foi o terceiro time brasileiro eliminado na semifinal do Mundial de Clubes. O mesmo já havia acontecido com Internacional e Atlético-MG.

Primeiro tempo
O grande destaque da etapa inicial foi o goleiro Weverton, autor de três grandes defesas. O primeiro milagre foi logo no começo da partida, aos 3 minutos. Após cruzamento pela esquerda, González subiu mais algo que o zagueiro Luan e cabeceou com força, mas o camisa 1 se esticou todo e evitou o gol. Weverton voltou a brilhar aos 33, quando Gignac recebeu dentro da área e chutou cruzado. Três minutos depois, o atacante francês voltou a parar no goleiro, desta vez em cabeçada perigosa. O Palmeiras chegou a ter mais posse de bola em alguns momentos do primeiro tempo, mas enfrentou dificuldades de se aproximar da área mexicana. A principal oportunidade da equipe de Abel Ferreira foi aos 17, em arremate de fora da área de Rony. No rebote, quase na pequena área, Gabriel Menino mandou para fora, mas a partida já estava paralisada por impedimento.

Segundo tempo
Os mexicanos seguiram melhores depois do intervalo e chegaram ao gol logo no começo da etapa final. Aos seis minutos, González recebeu ótimo passe de Rodríguez dentro da área e foi puxado pelo zagueiro Luan. Gignac cobrou com força, rasteiro, sem chance de defesa para Weverton. Atrás no placar, o técnico Abel Ferreira logo promoveu as entradas de Felipe Melo e Patrick de Paula. Aos 11, o Verdão conseguiu balançar as redes com Rony, mas o gol foi corretamente anulado por impedimento. A equipe brasileira demonstrava nervosismo e tinha dificuldades para criar jogadas, abusando na ligação direta entre defesa e ataque. Willian, Mayke e Scarpa também deixaram o banco de reservas e foram a campo. A principal chance alviverde foi aos 31, quando Willian recebeu bom passe e cruzou rasteiro. Luiz Adriano apareceu livre na área, mas não consegue desviar. A bola bateu em Rodríguez e passou tirando tinta da trave do gol mexicano. Nos minutos finais, o Palmeiras intensificou a pressão e buscou o gol em chutes de fora da Luiz Adriano e Gustavo Scarpa, mas não teve êxito.