Fechar
Esportes

Luciano marca, São Paulo empata com o Ceará e evita derrota após falha bizarra de Volpi

11 de Fevereiro de 2021

00h32

Fonte: globoesporte.globo.com

Empate bizarro!
O São Paulo segue sem vencer em 2021. Na noite desta quarta-feira, o Tricolor empatou por 1 a 1 com o Ceará, no Morumbi, pela 35ª rodada do Brasileirão, em um jogo que ficou maluco nos acréscimos. Depois de Volpi dar de presente um gol para Léo Chú, após falha bizarra, Luciano empatou. No geral, porém, o destaque da partida foi o goleiro Richard. No primeiro tempo, quando os donos da casa criaram um caminhão de chances, ele se destacou com grandes defesas. O Vozão, embora não tenha feito uma boa partida, conseguiu conquistar ponto importante fora de casa. Pior para o São Paulo, que, em crise, não conseguiu vencer no primeiro jogo sob o comando do interino Marcos Vizolli e agora acumula sete jogos sem vitória no Brasileirão, além de desperdiçar a chance de encostar nos líderes.

Como fica?
Agora com 59 pontos, o São Paulo, que tem um jogo a menos, mantém a quarta colocação, mas é seguido de perto pelo Fluminense. O Ceará, com 46, está em 12º lugar.

Primeiro tempo
O São Paulo começou a partida com postura bem diferente em relação às últimas apresentações sob o comando de Fernando Diniz. Mais objetivo no ataque, o Tricolor criou quatro chances seguidas de gols. Com Luciano, Daniel Alves, Igor Gomes e Pablo. Todas elas defendidas por Richard, do Ceará. O goleiro, inclusive, estava inspirado. Defendeu mais duas bolas boas de Pablo, uma de cabeça e outra em chute forte. E depois uma cabeçada à queima-roupa de Luciano que terminou em gol de Tchê Tchê no rebote, mas anulado pelo árbitro de vídeo. O Ceará só foi chegar com certo perigo depois dos 30 minutos, com chute de Bruno Pacheco, que passou longe de Tiago Volpi. Na reta final do primeiro tempo, Cléber tentou de fora da área também, mas o goleiro do Tricolor estava atento. Depois de diminuir um pouco o ímpeto, o São Paulo voltou a levar perigo nos minutos finais, com Igor Gomes. Mas a estrela do primeiro tempo foi mesmo o goleiro Richard, do Ceará.

Segundo tempo
Assim como no primeiro tempo, o São Paulo dominou as primeiras ações ofensivas. Primeiro tentou em chute de Luan de fora da área e na sequência assustou com cabeçada de Pablo, após escanteio cobrado por Reinaldo. Aos 12 minutos, com mais espaço, o Ceará conseguiu chegar com Saulo Mineiro, mas Volpi defendeu com os pés. Aos 17, Luciano recebeu em ótima condição de finalizar, mas foi travado por Fabinho na hora do chute. O atacante do Tricolor ainda reclamou pênalti. Só que o lance foi legal. Pouco tempo depois, o jogo ficou quente depois de o auxiliar de Guto Ferreira ser expulso por atrapalhar reposição de bola de Juanfran. Sem a mesma intensidade da etapa inicial, o São Paulo demorou a criar mais chances, e o Ceará não conseguiu encaixar um contra-ataque. Mas o time visitante contou com falha incrível de Volpi para abrir o placar. Léo Chú aproveitou tentativa de drible do goleiro são-paulino, roubou a bola e mandou para a rede. E quando tudo parecia definido, o Tricolor empatou com gol de cabeça de Luciano.

Próximos jogos
O São Paulo volta a campo pelo Brasileirão no domingo, às 20h30, contra o Grêmio, em Porto Alegre. O Ceará, por sua vez, joga na segunda-feira, contra o Fluminense, às 18h, no Castelão, em Fortaleza.