Fechar
Esportes

Palmeiras vence Grêmio na Arena e leva vantagem para São Paulo na final da Copa do Brasil

01 de Março de 2021

00h35

Fonte: globoesporte.globo.com

Vantagem paulista
O Palmeiras venceu o Grêmio por 1 a 0 na Arena, em Porto Alegre, na noite deste domingo, e arranca com vantagem na final da Copa do Brasil de 2020. O zagueiro Gustavo Gómez, de cabeça, marcou o único gol da partida. Ele completou cobrança de escanteio de Raphael Veiga aos 30 minutos do primeiro tempo. O Verdão dominou o primeiro duelo decisivo até os 19 da etapa final, quando Luan acertou uma cotovelada em Diego Souza e foi expulso. Com um a mais, os donos da casa foram para cima, principalmente após a entrada de Ferreira. Bem defensivamente, o time paulista conseguiu suportar a pressão e fica a um empate do tetra.

Como fica
A vitória simples permite ao Palmeiras qualquer empate no próximo domingo, às 18h, no Allianz Parque, para garantir o título da Copa do Brasil. Como não há gol qualificado na competição, o Grêmio leva a decisão para os pênaltis com qualquer vitória por um gol de diferença. Se superar o Verdão acima de dois gols, leva o hexa.

Antes da decisão
No meio da semana que vem, os dois times estreiam na temporada 2021 em seus campeonatos estaduais. Na quarta-feira, o Palmeiras tem logo de cara o clássico com o Corinthians, pelo Paulistão, às 19h, na Neo Química Arena. No mesmo dia e horário, o Grêmio recebe o Brasil de Pelotas na Arena, pelo Gauchão.

Primeiro tempo
O jogo esquentou logo de cara, em uma falta reclamada por Viña de Kannemann na entrada da área do Grêmio com 40 segundos. Depois, passou a ser estudado. Muito estudado. Tanto que praticamente não houve chance de gol até os 31 minutos. Em escanteio cobrado da direita por Raphael Veiga, Gustavo Gómez surgiu sozinho na pequena área para cabecear com força. Paulo Victor conseguiu espalmar, mas a bola tomou o caminho do gol. Aos 40, Alisson por pouco não empatou em chute potente de canhota, que passou a centímetros do travessão de Weverton. Antes do intervalo, Luiz Adriano recebeu entre os zagueiros do Grêmio e tirou demais de Paulo Victor. A bola voou sobre o gol.

Segundo tempo
O Palmeiras voltou com domínio do duelo. Aos 10, Raphael Veiga deu uma caneta em Paulo Miranda e rolou para Rony, livre, mandar por cima. Só que o zagueiro Luan abandonou uma disputa com Diego Souza na linha de fundo e acertou uma cotovelada no gremista, que ficou com o rosto coberto de sangue. O árbitro Marcelo de Lima Henrique mostrou cartão amarelo, mas rapidamente trocou para o vermelho. Com um a mais e a entrada de Ferreira, o Grêmio foi para cima. O atacante, Alison e Churín chegaram perto do empate. Aos 41, com o peito, Felipe Melo salvou em chute de Thaciano.

Gómez define a vantagem
O primeiro tempo transcorria com certo equilíbrio na Arena, sem lances de perigo de ambas as partes. Até que um escanteio definiu o resultado. Aos 30 minutos, Raphael Veiga cruzou da direita, e Gustavo Gómez apareceu livre para cabecear com força. Paulo Victor até espalmou, mas não conseguiu evitar o gol que dá vantagem ao Palmeiras na decisão.

Luan quase complica o Palmeiras
Após o intervalo e com o resultado a seu favor, o Palmeiras dominou ainda mais a partida. Rony perdeu chance aos 10, livre dentro da pequena área, depois de ver Rapahel Veiga dar uma caneta em Paulo Miranda. Aos 19, porém, a história do jogo mudou. Em uma disputa com Diego Souza na linha de fundo, o zagueiro Luan acertou uma cotovelada no centroavante gremista, que logo começou a sangrar. O árbitro Marcelo de Lima Henrique mostrou cartão amarelo, mas, ao ver o sangramento, mudou rapidamente a decisão e expulsou o palmeirense.

Ferreira anima o Grêmio
Cinco minutos após a expulsão de Luan, Renato Poraluppi mandou o atacante Ferreira a campo. O jovem tornou-se uma das poucas alternativas diferenciadas para buscar o empate. Aos 28, obrigou Weverton a fazer boa defesa. Seguiu com vitória pessoal a dribles pela ponta direita de ataque, o Grêmio teve pelo menos mais três chances de marcar, mas estacionou no muro verde posicionado por Abel Ferreira. O Tricolor precisará de mais inspiração para buscar o título em São Paulo.