Fechar
Esportes

Com polêmica no fim, São Paulo perde para o Novorizontino pelo Paulistão

14 de Março de 2021

20h55

Fonte: globoesporte.globo.com

Ah, o VAR...
O São Paulo perdeu sua primeira partida no Campeonato Paulista 2021 (e com o técnio Hernán Crespo) ao ser batido por 2 a 1 pelo Novorizontino, neste sábado, no estádio Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte, pela quarta rodada. Foi também a primeira vitória do Tigre na competição. E teve polêmica. Os jogadores são-paulinos reclamaram bastante de um pênalti não marcado em Luciano aos 45 minutos do segundo tempo após mais de três análise do árbitro de vídeo.

Como fica
Depois de duas vitórias consecutivas, o São Paulo sofre a primeira derrota, mas continua em boa situação no Paulistão. O Tricolor lidera o Grupo B, com sete pontos, mas ainda poderá ser superado pela Ferroviária, que tem a mesma pontuação. O Novorizontino sobe para terceiro no Grupo C, com cinco pontos.

Primeiro tempo
Uma saída de bola errada quase colocou o São Paulo em desvantagem antes do primeiro minuto – Danielzinho bateu para fora. Mas o Tricolor rapidamente assumiu o controle do jogo. Não que isso significasse muito. O time de Crespo insistiu muito pelo lado direito, praticamente não acionou Reinaldo do outro lado e teve uma atuação bastante discreta. Igor Vinicius colocou uma bola na medida para Pablo cabecear para fora. Faltou finalização à equipe. Pablo e Rodrigo Nestor chegaram bem à linha de fundo em duas oportunidades, mas cruzaram para ninguém. Aos 46, o Tigre acordou e abriu o placar. Volpi salvou na primeira, mas Cléo Silva marcou na sequência. Ele estava em impedimento, mas a bola chegou a ele depois de um toque de Bruno Alves, tirando a irregularidade do lance.

Segundo tempo
Crespo colocou Rojas no lugar de Rodrigo Freitas no intervalo e deu mais velocidade ao São Paulo, principalmente pela direita do ataque. Logo aos dois minutos, Bruno Alves cabeceou no travessão após escanteio. O empate saiu aos dez. Igor Vinícius cruzou da direita, Rojas apareceu livre na área e só desviou de cabeça. Recuado novamente, o Novorizontino só apareceu aos 21, em cabeceio perigoso de Jenison que Volpi se esticou todo para defender. O cansaço demonstrado pelo São Paulo permitiu que o Tigre acreditasse mais. Guilherme Queiroz, Cléo Silva e Murilo Rangel tiveram boas chances, mas não marcaram. Gabriel Sara também assustou. O segundo gol dos donos da casa saiu aos 37. Reinaldo errou o recuo e deu a bola de presente para Guilherme Queiroz na entrada da área O atacante chutou forte no meio do gol, mas Volpi não conseguiu segurar. Aos 45, Luciano foi derrubado pelo goleiro Giovanni na área. Após três minutos de análise do VAR, a árbitra de campo Edina Alves mandou o jogo seguir sob muita reclamação.