Fechar
Região

Polícia Civil de Tupã realiza operação de combate ao tráfico de drogas

18 de Março de 2021

09h07

Redação Bastos Já

Um indivíduo foi preso e quatro tabletes e uma porção de maconha foram apreendidos durante operação de combate ao tráfico de drogas realizada pela Polícia Civil de Tupã, através da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecente (DISE), na manhã dessa quarta-feira (17). Durante as diversas diligências, duas mulheres foram detidas, pois estavam com drogas, más informaram serem usuárias e após depoimentos na Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Tupã foram liberadas. A Polícia Civil informou ainda que o trabalho foi realizado após investigações desenvolvidas pela especializada identificarem locais relacionados ao tráfico de drogas e o Poder Judiciário expedir os mandados de busca.

O delegado Flávio Delgado de Melo disse que na Vila das Indústrias policiais civis deram cumprimento a mandado de busca na residência de uma mulher de 24 anos “e após minuciosa busca pelo imóvel foi encontrado um tablete de maconha, que estava ocultado no guarda-roupa. A moradora assumiu à propriedade da droga, a qual seria para uso próprio. Foi então encaminhada à CPJ onde prestou declarações e foi liberada mediante termo de compromisso. Outra equipe cumpriu mandado de busca em uma residência na área central, onde denúncias davam conta do tráfico de drogas, e apreendeu uma pequena porção de maconha. A moradora de 23 anos assumiu a propriedade e alegou ser para seu uso. Foi encaminhada à CPJ, onde prestou declarações e foi colocada em liberdade”.

Ainda segundo o delegado, as diligências seguiram para uma propriedade rural localizada às margens da Estrada Municipal São Geraldo Adelino Quiqueto, no Bairro Afonso XIII, “onde foi dado cumprimento a mandado de busca. No imóvel os policiais apreenderam um pequeno tablete de maconha e uma balança digital. As buscas continuaram e os policiais suspeitaram de uma cavadeira manual que havia sido deixada próxima a uma mata existente aos fundos da propriedade, local onde as diligências se concentraram. Após exaustivas buscas pelo local, graças à perspicácia e dedicação dos agentes da DISE, foi identificado um local onde estavam enterrados três tabletes de maconha.  Ao ser entrevistado, o morador admitiu a propriedade da droga, e que havia adquirido de pessoa desconhecida com o objetivo de comercializá-la e para evitar a ação policial havia escondido na mata”.

Flávio Delgado de Melo complementou que foi dada voz de prisão ao o morador, que foi encaminhado à CPJ, onde foi atuado em flagrante pelo crime de tráfico de drogas e aguarda as decisões de audiência de custódia. “A prisão de mais um traficante demonstra o profissionalismo de cada policial que compõe a DISE de Tupã, pois a localização do entorpecente somente foi possível graças à dedicação dos integrantes da equipe, a análise do local, as investigações iniciais, as características do denunciado, enfim, um verdadeiro trabalho investigativo. As cautelas são redobradas, mas aqueles criminosos que creem na impunidade em virtude da grave pandemia pela qual estamos passando, estão totalmente enganados, e responderão pelos crimes praticados, uma vez que a polícia está alerta a seus atos. Por fim, agradeço a todos os policiais civis lotados na DISE e o imprescindível apoio de agentes da DIG”.