Fechar
Região

Tupã: Morador de chácara é preso após Polícia Civil apreender arma de fogo e droga

10 de Abril de 2021

08h55

Redação Bastos Já

Um morador de Tupã que não teve idade divulgada foi preso depois que a Polícia Civil, através da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise), apreender em sua posse uma arma de fogo com numeração raspada e municiada com seis cartuchos intactos, uma caixa com mais 38 cartuchos e um pequeno tablete de maconha. O caso foi registrado na tarde dessa sexta-feira, dia 9.

Após notícias de que um morador de uma chácara localizada nas proximidades do aeroporto estaria com drogas e arma em sua residência, os policiais civis realizaram investigações com o objetivo de apurar as informações e o trabalho resultou na expedição de mandado de busca. Ainda segundo a Dise, Os policiais estiveram no imóvel e encontraram uma pistola calibre 6.35mm, municiada e a caixa com os cartuchos e, na área de lazer, localizaram o tablete de maconha.

A Polícia Civil informou que o morador do local revelou que “a arma seria para a sua defesa e da família, uma vez que reside na área rural do município, enquanto que a droga para o próprio uso, haja vista ser usuário” detalhou o delegado Flávio Delgado de Melo, destacando que “o cidadão que tem interesse em possuir uma arma de fogo, mesmo sob a justificativa da auto defesa, deve procurar os procedimentos legais, não sendo válido o simples argumento de morar em área rural”.

O morador da chácara foi encaminhado à Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Tupã, onde foi autuado em flagrante delito pelos crimes de posse de arma com a numeração suprimida e porte de droga e permaneceu aguardando as deliberações de audiência de custódia. “A prisão contou com a participação de todos os policiais civis da DISE e apoio do policial militar James, demonstrando a união das forças de segurança do município e a importância das constantes trocas de informações entre os órgãos”, complementou Flávio Delgado de Melo.