Fechar
Região

Suspeito de integrar quadrilha que aplica golpe em idosos é detido pela Polícia Rodoviária

27 de Abril de 2021

06h26

Redação Bastos Já

Um indivíduo de 25 anos de idade, suspeito de fazer parte de uma quadrilha que aplica golpes em pessoas idosas, foi detido no interior de um ônibus na Rodovia Raposo Tavares (SP-270), altura do quilometro 588, município de Presidente Bernardes (SP), na sexta-feira, dia 23. Com o suspeito foi apreendido máquinas de passar cartão, uma quantia de R$ 1.300,00 em dinheiro e dois cigarros e uma porção de maconha.

A Polícia Rodoviária realizava fiscalização de combate a ilícitos penais e abordou um ônibus de transporte coletivo que fazia o itinerário de Campo Grande (MS) à São Paulo (SP). No interior do coletivo viajavam 22 passageiros e um deles, um jovem de 25 anos, apresentou grande nervosismo e repostas desencontradas sobre o motivo de sua viagem. Nos pertences do rapaz foram localizadas seis máquinas de passar cartão, R$ 1.300,00 em notas de R$ 50,00 e a maconha que pesou três gramas.

Ainda segundo os policiais rodoviários, o passageiro, com quem foram apreendidos ainda um crachá com sua foto e nome divergente, seis carregadores de máquinas de passar cartão e um celular, alegou que foi contratado por uma pessoa desconhecida através do número de telefone de prefixo da grande São Paulo que lhe forneceu as máquinas de passar cartão e um crachá com foto e nome divergente do dele para se passar por um falso funcionário da Caixa Econômica Federal.

A Polícia Rodoviária informou que o suspeito revelou ainda que o intuito era aplicar golpes em pessoas idosas usando os seguintes “modus operandi”: através de ligação de telefônica, um dos integrantes da quadrilha, de posse de informações pessoais das vítimas, na maioria idosos, se passava por telefonista do banco e informava que o cartão da vítima havia sido clonados e compras teriam sido feitas. As vítimas ludibriadas confirmavam dados pessoais, do cartão e a senha, e o golpista informava que o cartão deveria ser entregue a um funcionário do banco. Na sequência, o suspeito se apresentava às vítimas como funcionário do banco, com o crachá falso e trajando roupas sociais, e solicitava o cartão que seria desativado. De posse de todas as informações da vítima, do cartão e senha das pessoas, a quadrilha realizava transações bancárias, através das máquinas de cartões.

A Polícia Rodoviária apurou ainda que o último golpe foi aplicado no dia 21/04/2021 na cidade de Campo Grande (MS). O suspeito foi conduzido para a Delegacia de Polícia de Presidente Bernardes (SP), onde foi elaborado o boletim de ocorrência a respeito dos fatos e apreendidos os objetos e a droga. O indivíduo foi ouvido e liberado e os fatos narrados por ele serão investigados.