Fechar
Região

CDHU publica nomes de sorteados e suplentes das 99 casas de Adamantina

02 de Abril de 2019

17h22

Por site Siga Mais


A Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) publicou nesta terça-feira (2) a lista dos beneficiários (acesse aqui) e suplentes, das 99 casas populares sorteadas ontem em Adamantina. 

A lista está em ordem alfabética traz informações se o mesmo é beneficiário (contemplado) ou suplente, e a qual grupo pertence: população em geral, idoso ou deficiente.

Reclamações, informações ou denúncias devem encaminhadas ao site da CDHU, na ferramenta “Fale Conosco”, pelo telefone 0800 000 2348 ou junto ao Núcleo Regional do órgão em Presidente Prudente, localizado à Rua Laguna, 308, Jardim Morishita (referência: atrás da Receita Federal - Parque do Povo), com o telefone (18) 3311-2333.

Aos sorteados: como proceder

Os beneficiários (contemplados) serão convocados para entrevista e apresentação de documentação visando à montagem de dossiês para comprovação e enquadramento dos requisitos exigidos pela Caixa, que será responsável pela análise e aprovação, de acordo com a ordem de classificação no sorteio presencial.

Além dos titulares, serão também convocados a mesma quantidade de suplentes. As demais famílias suplentes poderão ser convocadas em caso de abertura de vagas.

Essas entrevistas com as famílias sorteadas serão previamente agendadas, com data, horário e local que serão divulgados, e o não comparecimento ou a impossibilidade de apresentação da documentação exigida acarretará no cancelamento da família do processo de aquisição ao atendimento habitacional.

A família convocada para o processo de entrevista terá o prazo de cinco dias úteis para apresentação da documentação solicitada. Todas as famílias sorteadas, inclusive as suplentes, serão convocadas para inclusão e/ou atualização de seus dados no CADÚNICO - Cadastro Único para Programas Sociais no município.

Casas ainda sem previsão de entrega

As 99 casas são construídas a partir de convênio entre o Governo Federal, por intermédio do Programa Minha Casa Minha Vida (PMCMV), tendo a Caixa Federal como agente financeiro executor, o Governo do Estado de São Paulo, por meio da Agência Casa Paulista, e a Prefeitura de Adamantina, que doou as áreas para a construção das moradias.

Na região do Parque Itamarati estão sendo construídas 45 casas. As obras foram iniciadas em março do ano passado, com previsão de término para maio de 2019, segundo informa a placa oficial existente no local. O valor do investimento do Governo Federal é de R$ 4.499.166,77.

Já na região do bairro Mário Covas estão sendo construídas 54 casas. As obras foram iniciadas em junho do ano passado, ao custo de R$ 5.374.962,90, com investimentos do Governo Federal. Ainda de acordo com a placa, o final da obra está previsto para agosto de 2019.

Os dois empreendimentos somam o investimento de R$ 9.874.129,67, dos quais R$ 7,2 milhões oriundos da Caixa Federal e R$ 2,7 milhões da Agência Casa Paulista, além das áreas doadas pela Prefeitura de Adamantina.

Ainda não há previsão de entrega. Em solenidade futura, será sorteada a localização de cada casa aos novos contemplados, com a entrega das chaves.