Fechar
Região

Corpo de Bombeiros de Tupã realiza treinamento de salvamento em veículo híbrido

03 de Junho de 2021

12h19

Redação Bastos Já - com informações de João Mário Trentini

Para estarem sempre atualizados e acompanharem as novas tecnologias, os bombeiros de Tupã participaram, na manhã de quarta-feira, dia 2, de um treinamento de desencarceramento (resgate) em um veículo híbrido (carro com dois motores: um que funciona com combustível comum e outro por eletricidade). Ainda segundo o comandante do Corpo de Bombeiros de Tupã, tenente Dos Santos, o resgate de vítimas neste tipo de veículo, em casos acidentes automobilísticos, é muito complexo e exige preparo diferenciado para os bombeiros.

O tenente Dos Santos disse que a capacitação dos bombeiros de Tupã para este tipo de atendimento contou com apoio de uma empresa de Marília que ajudou nas instruções teórica e prática que sanaram dúvidas sobre como proceder durante resgate em um acidente com um automóvel híbrido. “Na manhã de hoje reunimos o efetivo Corpo de Bombeiros para uma palestra e um treinamento com participação de um representante da Toyota da Marília que trouxe um Corolla híbrido. Conversamos a respeito das peculiaridades desse tipo de veículo, atualmente apresentado por várias outras marcas e com tendência de crescimento no mercado”.



O comandante do Corpo de Bombeiros de Tupã informou ainda que o treinamento é de suma importância pois cada vez mais verifica-se um maior número de veículos híbridos rodando pelas cidades e rodovias e “diante de acidente com um veículo desse tipo, que trabalha com o motor a combustão e elétrico, os bombeiros precisam ficar atentos a algumas questões de segurança, tendo em vista que o sistema elétrico deste carro é de alta voltagem. Então, para evitar riscos em caso de resgate que necessite do corte do veículo, temos que saber exatamente onde a bateria fica localizada e os cabos que são de alta tensão e que não podem ser rompidos, inclusive se ocorrer o rompimento e exposição de bateria como proceder de forma segura”.

O tenente Dos Santos explicou que “todos os veículos tem pontos estruturais próprios para maior segurança dos passageiros. Na hora de cortar colunas e retirar portas, entre outros procedimentos de desencarceramentos, utilizando ferramentas hidráulicas e elétricas, é preciso estar atento aos pontos certos para realizar os cortes e ter acesso as vítimas. No caso de veículos híbridos, o serviço também deve ser feito em pontos específicos e de maneira bem técnica para evitar o corte de cabos de energia de alta voltagem, garantindo assim a segurança dos passageiros e dos bombeiros e maior agilidade nos procedimentos de salvamento de vítimas”.

O comandante do Corpo de Bombeiros de Tupã enfatizou que o treinamento realizado ontem (2) aconteceu em duas horas e “podemos conhecer na teoria e pratica as peculiaridades desse tipo veículo, visualizando todos estes detalhes em in-loco. Foi um treinamento de grande importância e valia e todos os bombeiros saíram dessa capacitação com muito mais conhecimento que vai proporcionar mais segurança para nossa atuação e no salvamento de vítimas, que porventura se envolvam em acidente com um veículo híbrido” finalizou o tenente Dos Santos.