Fechar
Esportes

Eliminado do Paulistão, Felipão vive sua primeira turbulência no comando do Palmeiras

08 de Abril de 2019

15h53

Fonte: globoesporte.globo.com

Depois de pouco mais de oito meses, Felipão abre a semana vivendo seu primeiro momento conturbado no comando do Palmeiras desde seu retorno ao clube, em agosto do ano passado.

A eliminação em casa contra o São Paulo, com bom desempenho da equipe na avaliação do treinador, até teve aplausos de alguns torcedores após a derrota nas penalidades, mas teve também cobranças na saída do ônibus da delegação palmeirense.

Nos vestiários, jogadores lamentaram a derrota e projetaram o futuro da equipe na temporada. Na próxima quarta-feira, o Verdão recebe o Junior Barranquilla, na arena, pela quarta rodada da fase de grupos da Libertadores.

– Temos jogadores muito experientes, temos um elenco muito bom. Temos de levantar a cabeça e seguir em frente porque sabemos da importância do resto ano e de conquistar algum título, na Copa do Brasil, na Libertadores ou no Brasileiro. Não tem tempo para esmorecer. É seguir em frente – avaliou Gustavo Scarpa.

– Agora é saber filtrar as críticas e as cobranças, que a gente sabe que no Palmeiras são muito grandes. Agora é juntar as forças porque na quarta-feira temos um jogo importantíssimo na Libertadores. Temos muita coisa no ano, temos condições de brigar por títulos – completou Bruno Henrique.

Felipão defende bom retrospecto em números desde que retornou ao Palmeiras. Semifinalista da Copa do Brasil e da Libertadores de 2018, ele conquistou o Brasileirão do ano passado. Neste ano, porém, o desempenho da equipe, principalmente dos atacantes, tem sido alvo de críticas.

Na Argentina, na semana passada, o próprio treinador reclamou da pouca produção da sua equipe, contra o San Lorenzo. Agora o Palmeiras tenta não se complicar no Grupo F da competição sul-americana na próxima quarta-feira, quando recebe em casa o Junior Barranquilla.

A primeira colocação da chave é do San Lorenzo, que soma sete pontos e tem um a mais do que o Verdão. Os argentinos jogam na terça-feira contra o Melgar, em Buenos Aires.