Fechar
Região

Polícia Ambiental prende indivíduo com arma de fogo e animal silvestre morto

23 de Agosto de 2021

15h20

Redação Bastos Já

Um indivíduo foi autuado em flagrante em Paraguaçu Paulista (SP) depois de ser flagrado pela Polícia Militar Ambiental com uma espingarda e carne de uma Capivara - animal da fauna silvestre nativa e cuja caça é proibida. O caso de natureza “porte ilegal de arma de fogo e por matar uma espécime da fauna silvestre nativa” foi registrado pelos policiais ambientais cabo Sandro, cabo Régis e cabo Capeletto, neste domingo, dia 22.

Os policiais ambientais durante patrulhamento pela estrada rural PGP 261, no Bairro Chaparral, avistaram uma motocicleta Suzuki Yes 125 trafegando sentido o município de Paraguaçu Paulista. A equipe notou que havia dois sacos em cima do veículo e aparentando ser carne e deu ordem de parada ao motociclista, que acelerou a moto que se descontrolou  em um banco de areia e foi feita abordagem.

Ainda segundo os policiais, foi encontrada uma espingarda calibre 28, três cartuchos do mesmo calibre, sendo dois deflagrados e um intacto, duas facas e uma chaira (afiador de faca). Nos sacos foi encontrada uma capivara morta. O indivíduo recebeu voz de prisão em flagrante  e foi conduzido a Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Assis, onde foi elaborado o auto de infração ambiental no valor de R$ 500,00 “por matar uma espécime da fauna silvestre nativa".

Os policiais ambientais informaram ainda que, por infringir em tese o Artigo 29, Parágrafo I, Inciso I, da Lei Federal de Crimes Ambientais n° 9605/98 e o Artigo 14 da Lei Federal n° 10.826/03 por porte ilegal de arma de fogo, a ocorrência foi apresentada a delegada de plantão Mariza Isabel Tardin que ratificou a voz de prisão e arbitrou a fiança no valor de 1.100,00. O indivíduo foi liberado após pagamento da fiança.