Fechar
Região

DISE de Tupã realiza nova fase da Operação Conexão e apreende carros e caminhão

25 de Agosto de 2021

06h29

Redação Bastos Já – com informações da DISE de Tupã

A Polícia Civil de Tupã, através da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (DISE), apreendeu automóveis, motocicleta, embarcação e um caminhão, na manhã desta terça-feira, dia 24. As apreensões, feitas durante o desenvolvimento de mais uma fase da Operação Conexão, investigação que objetiva apurar crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, organização criminosa e lavagem de dinheiro, ocorreram nas cidades de Tupã, Herculândia, Dracena e Panorama. Nas primeiras fases da operação foram apreendidos um avião modelo Air Tractor, localizado no interior do Estado do Mato Grosso e atualmente sendo utilizado pelo Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, e mais de R$ 600.000,00.

O delegado da DISE de Tupã, Flávio Delgado de Melo, disse que as investigações possibilitaram ainda o bloqueio de bens imóveis dos investigados, “como casas, terrenos e propriedade rurais, que ficarão à disposição da Justiça. A investigação, desenvolvida pela delegacia especializada de Tupã, desde janeiro de 2021, constatou aquisição de bens móveis e imóveis muito além da capacidade financeira dos investigados, além de que, alguns eram registrados em nome de terceiros, justificando assim a decretação do sequestro dos bens nesta data”.

O titular da DISE de Tupã destacou que “a partir de agora os investigados tem prazo estabelecido pelo Poder Judiciário para que apresentem suas defesas quanto aos bens apreendidos, ou seja, que comprovem como foi possível a aquisição dos mesmos”, informou Flávio de Melo, revelando que foram apreendidos nove veículos e uma embarcação: um Honda HR-V; um Voyage, um Honda Civic, um Fox Connect, um Civic LXS, um caminhão Scania  G 380, um Gol, uma Saveiro e a embarcação acoplada a motor e reboque para transporte rodoviário.

Flávio Delgado de Melo acrescenta que “as diligências agora buscam demonstrar o vínculo, com o grupo investigado, de duas outras aeronaves, uma delas que já estava apreendida na cidade de Birigui (SP), em outro processo criminal, e uma que caiu no início do ano de 2020 na área rural do município de Junqueirópolis (SP). Assim, as investigações prosseguem com análise de documentos apreendidos, oitivas de pessoas e o objetivo único de individualizar a conduta de cada um dos envolvidos”.

Ainda segundo o delegado, “os mandados de buscas foram cumpridos por policiais civis da DISE, com apoio imprescindível de policiais da DIG e do 1º Cartório da Central de Polícia Judiciária de Tupã, da Delegacia de Polícia Civil de Herculândia e da Delegacia Seccional de Polícia Civil de Dracena”.