Fechar
Região

Polícia Civil de Tupã prende dupla por furto de folhas de cheques e dinheiro de idoso

29 de Agosto de 2021

10h49

Redação Bastos Já – com informações cedidas por João Mário Trentini

Uma investigação da Polícia Civil de Tupã, através da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), resultou na prisão de um indivíduo flagrado com folhas de cheque que haviam sidos furtadas de idoso, na cidade de Garça, e indiciado pelo furto de R$ 1.500,00 da mesma vítima. A prisão aconteceu depois que o indivíduo foi detido, juntamente com outro comparsa que foi preso de imediato por ser condenado pela Justiça de Campinas pelo crime de furto, pela Polícia Militar de Tupã, equipe do cabo Bertholdo e soldado Guevara, sob suspeita de ter aplicado golpes em clientes de uma agência bancária da cidade (veja aqui).

O caso foi registrado nesse sábado (28), quando mais uma vez a união das polícias Civil e Militar de Tupã fez a diferença e tirou de circulação dois indivíduos, que a exemplo de outros criminosos da Capital e de grandes cidades têm buscado municípios menores do interior para elegeram seus alvos e cometerem crimes diversos. Tudo teve início quando os policiais militares realizavam patrulhamento por Tupã e foram avisados por um cidadão que havia dois homens suspeitos em frente a uma agência bancária da cidade.

Os PMs foram ao local e abordaram os homens, que estavam conversando em uma praça. Os indivíduos, que tinham cada um uma quantia de cerca de R$ 2.000,00 - em notas de R$ 100,00 e R$ 50,00, foram apresentados na Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Tupã e um deles forneceu nome falso, porém, a identidade do mesmo foi descoberta pelo Setor de inteligência (SIG) da Polícia Civil que constatou que era procurado da justiça.

A Polícia Civil informa ainda que, apesar das câmeras de segurança ter captado a dupla abordando clientes, “não foi possível naquele momento saber se os indiciados haviam cometido algum crime, muito embora tenham sido localizadas partes de fitas isolante instaladas nos caixas eletrônicos. Os policiais civis Marcelo Benites Paveloski e Alessandro Ribeiro Teixeira conseguiram identificar, em investigação, que os homens poderiam estar usando um veículo Fiat Argo, muito embora ambos negassem envolvimento com o carro”.

Diante dos fatos, o procurado pela Justiça ficou preso e, como nada de ilícito recaia sobre o outro detido, o suspeito foi liberado. Porém, os investigadores realizaram campana próximo ao carro suspeito e abordaram o indivíduo que tinha acabado de ser liberado entrando no veículo. Os policiais civis informaram que fizeram a abordagem e encontraram no automóvel uma porção de maconha e folhas de cheque que haviam sido furtadas de um idoso de 84 anos, na cidade de Garça. Em com a família da vítima, os agentes receberam informações de que, além das folhas de cheque, aa dupla havia subtraído R$ 1.500,00 da vítima.

A ocorrência foi finalizada com os dois indivíduos presos em flagrante pela prática do crime de furto duplamente qualificado. “Há ainda a possibilidade de moradores de Tupã terem sido vítimas, uma vez que os indiciadoss agiram no interior da agência” destaca a Polícia Civil, ressaltando que “a união entre a sociedade e as polícias Civil e Militar só traz benefícios a todos. A equipe de plantão, coordenada pela delegada Milena Davoli de Melo, agindo, em conjunto com os policiais militares, mais uma vez mostrou que em Tupã bandido não faz carreira”.