Fechar
Esportes

Fluminense vence o São Paulo no Rio com gols de Nino e Luiz Henrique

12 de Setembro de 2021

23h37

Fonte: ge.globo.com

Resumão

Deu Fluminense no duelo de tricolores no Maracanã. Num jogo de um primeiro tempo sonolento e um segundo bastante movimentado (e violento), o Flu venceu o São Paulo por 2 a 1 na noite deste domingo, deu sequência à série invicta no Brasileirão sob o comando de Marcão e segue colado na zona de classificação para a Libertadores. O São Paulo, por sua vez, tem a degola no seu encalço. Os gols do confronto foram marcados por Nino e Luiz Henrique, com Reinaldo, de pênalti, descontando para o Tricolor Paulista.

No contragolpe

Diante da falta de criatividade que afetou as duas equipes durante boa parte do tempo, foi um jogo aberto no sentido de que ninguém dominou - com exceção dos minutos finais, quando o São Paulo se atirou ao ataque e o Fluminense fechou a casinha. O primeiro tempo foi escasso de chances, para não dizer sonolento. As coisas mudaram no segundo, com gols de Nino e Reinaldo (de pênalti) nos 15 primeiros minutos. Em seguida, o confronto ficou equilibrado, mas o Flu matou o jogo num contra-ataque em que Fred fez muito bem o pivô, girou e lançou Luiz Henrique. Ele ganhou na corrida de Miranda, invadiu a área e deu de bico no canto de Volpi.

Parou em Marcos Felipe

Atrás no placar, o São Paulo promoveu as entradas da dupla Rigoni e Benítez, que, somado às substituições defensivas do Fluminense, empurraram a equipe para o ataque. Rigoni teve boa atuação, Benítez criou uma chance ou outra, mas o time de Hernán Crespo não mostrou a mesma eficiência do Fluminense. O lance ocorrido aos 42 minutos do segundo tempo foi o retrato disso: Vitor Bueno girou dentro da área, saiu cara a cara com Marcos Felipe, mas finalizou em cima do goleiro, que acabou se destacando no fim do confronto.

Festival de cartões

O árbitro apresentou ao todo nove cartões amarelos na partida, oito deles só no segundo tempo. O confronto foi marcado por faltas e pela aplicação de ambas as equipes na marcação, o que ajuda a explicar o festival de cartões.

Gols anulados

O São Paulo teve dois gols corretamente anulados no primeiro tempo, ambos marcados por Luciano. No primeiro, o atacante deu de cobertura em Marcos Felipe e pegou o rebote depois que a bola bateu no travessão, mas ele estava impedido. Em seguida, acertou linda cabeçada para o fundo da rede, mas a bola saiu pela linha de fundo antes do cruzamento de Reinaldo.

Lance polêmico

No pênalti a favor do São Paulo marcado aos 12 minutos do segundo tempo, o árbitro mostrou apenas cartão amarelo para Nino, que derrubou Luciano dentro da área. Na opinião da comentarista Fernanda Colombo, da Central do Apito, o zagueiro do Fluminense deveria ter sido expulso.

Classificação

Com mais uma vitória sob o comando de Marcão, o Fluminense foi aos 28 pontos e está em sétimo lugar na tabela, a um ponto do Corinthians, que está em sexto, e a cinco do Fortaleza, em quarto lugar. Por sua vez, o São Paulo conheceu sua sétima derrota no campeonato e está em 16º, na porta da zona de rebaixamento, com 22 pontos. O América-MG, primeiro time na degola, tem 21.

Próxima rodada

O São Paulo volta a campo pelo Brasileirão no próximo domingo: enfrenta o Atlético-GO no Morumbi, às 16h (de Brasília). Por sua vez, o Fluminense só joga na outra segunda-feira: pega o Cuiabá fora de casa, às 20h.

Quarta tem Copa do Brasil

Antes disso, no entanto, tem Copa do Brasil. Fluminense e São Paulo vão a campo na quarta-feira para fazer o segundo jogo das quartas de final. O Flu pega o Atlético-MG depois de perder por 2 a 1 na ida, enquanto o São Paulo encara o Fortaleza após empate em 2 a 2.