Fechar
Esportes

Palmeiras defende invencibilidade de dois anos contra o Santos; relembre os jogos

04 de Novembro de 2021

14h30

Por Redação do ge

O Palmeiras visita o Santos neste domingo, às 16h (de Brasília), na Vila Belmiro, em busca da quinta vitória consecutiva no Campeonato Brasileiro e defendendo o bom retrospecto recente no clássico. O Verdão não perde para o Peixe desde 2019 e está invicto há seis confrontos.

Desde o revés em 9 de outubro de 2019, pelo segundo turno do Brasileirão, o Palmeiras venceu o Santos quatro vezes e empatou duas. Entre estes confrontos, o mais marcante é a final da Libertadores de 2020, disputada no dia 30 de janeiro deste ano, no Maracanã.

O último clássico entre Palmeiras e Santos foi no dia 10 de julho, no Allianz Parque, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time de Abel Ferreira era até então o líder e venceu por 3 a 2, com gols de Gustavo Gómez, Breno Lopes e Willian.

Retrospecto entre Palmeiras e Santos:

•342 jogos
•145 vitórias do Palmeiras
•106 vitórias do Santos
•91 empates
•575 gols do Palmeiras
•482 gols do Santos

Naquele dia, o Verdão atuou com Jailson; Marcos Rocha (Mayke), Felipe Melo, Gustavo Gómez e Viña; Danilo, Zé Rafael, Gustavo Scarpa (Patrick de Paula) e Raphael Veiga (Wesley); Breno Lopes (Willian) e Deyverson (Dudu). Abel, suspenso, não ficou no banco de reservas, e o auxiliar João Martins comandou a equipe.


Destes jogadores, o único que deixou o clube foi Matías Viña, negociado com a Roma. Piquerez e Jorge foram contratados para o seu lugar e há a possibilidade de os dois estarem disponíveis no fim de semana.

Weverton, à época com a seleção brasileira, será titular no clássico do fim de semana, enquanto Luan voltou a formar a dupla de zaga com Gustavo Gómez, passando Felipe Melo novamente para o meio-campo. Na última vitória, diante do Grêmio, Abel usou Scarpa e Veiga juntos novamente, com Dudu e Rony completando o setor ofensivo.

Em recuperação no Brasileiro, o Palmeiras é o vice-líder da competição com 52 pontos. O Verdão está a dez do líder Atlético-MG e tem como principal objetivo garantir uma vaga no G-4 enquanto se prepara para a decisão da Copa Libertadores, dia 27, contra o Flamengo, em Montevidéu.